Voltar
Rally Dos Sertões

5 fatos curiosos sobre o Rally dos Sertões

Como começou o Sertões? Quem é o maior vencedor? Confira dados interessantes sobre a prova, realizada desde 1991

04/11/2020 - 2 minutos, 36 segundos


Primeira edição da prova, realizada em 1991, teve apenas a categoria motos. Foto: Victor Eleutério

A cada ano o Rally dos Sertões traz novidades aos competidores e entusiastas do esporte fora de estrada. Nestas 28 edições, selecionamos alguns dados interessantes a respeito da maior prova off-road das Américas. Confira 5 fatos sobre o Sertões:

1.  Teve início somente na categoria motos

O projeto começou com o arquiteto Chico Morais, inspirado na participação de brasileiros – André Azevedo e Klever Kolberg – no Rally Dakar de 1988. Animado com o cenário do motociclismo off-road no mundo, Chico lançou a ideia de realizar uma viagem de moto entre a nascente e a foz do Rio São Francisco em um percurso de cerca de 3.500 quilômetros.

roteiro do primeiro Sertões
Roteiro do Rally do São Francisco, prova que deu origem ao Sertões. Foto: Reprodução

A primeira edição da prova, o então Rally do São Francisco, aconteceu em 1991 e teve com nove dias de pura aventura. As motos estava divididas em duas categorias: até 250cc e acima de 250cc.

Em 1993 foi organizada a primeira edição do que conhecemos como Rally dos Sertões, com largada em Campos do Jordão (SP) e chegada em Natal (RN). 

2. Fez parte do calendário mundial

O Rally dos Sertões fez parte, pela primeira vez, do Campeonato Mundial de rali para motos (FIM) no ano de 2005. A competição atraiu grandes nomes do off-road mundial para a disputa em solo brasileiro. 

Jean Azevedo é o maior vencedor da prova e o primeiro brasileiro a levar o título de uma etapa do Mundial de Rally. Foto: Victor Eleutério / Mundo Press

O piloto Jean Azevedo, que integra a equipe Honda Racing, foi o primeiro brasileiro a vencer uma etapa do mundial ao levar o título da prova naquele ano. O chileno Carlo De Gavardo conquistou o segundo lugar e o brasileiro José Hélio ficou com a terceira colocação.

3. Um dos maiores ralis do mundo

Desde 1994 o Sertões se firma como uma das maiores competições do mundo ao realizar o percurso total de cerca de 4.500 quilômetros. A prova já passou dos 5 mil quilômetros pelas trilhas brasileiras, exemplo da edição de 2009, quando os competidores largaram de Goiânia (GO) para chegarem em Natal (RN).

4. Maior vencedor tem 7 títulos nas motos

O brasileiro Jean Azevedo, que já participou de dezenas de edições do Rally Dakar, gravou seu nome na história do Sertões. Com 25 participações no rali brasileiro, Jean é o piloto com mais vitórias na competição, acumulando sete títulos, conquistados em 1995, 2000, 2002, 2004, 2005, 2015 e 2017.

5. Época de chuvas

A 28ª edição também é especial na trajetória do maior rali das Américas. Esta é a primeira vez que a competição acontece, em grande parte, no mês de novembro, época de chuvas.

Em função da pandemia, Sertões acontece pela primeira vez em novembro, época de chuvas. Foto Cadu Rolim / Shez

A prova tradicionalmente acontece em agosto ou em períodos próximos, quando o clima é mais seco. Dessa forma, 2020 trouxe um novo desafio aos competidores: a chuva, que até cancelou uma etapa deste ano.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login