Câmbio DCT da Honda promete facilitar a vida dos motociclistas; conheça

Há dez anos, a Honda criou a transmissão de dupla embreagem, também conhecida pela sigla “DCT”, do inglês Dual Clutch Transmission. A transmissão DCT para motocicletas é a aposta da marca para atrair novos consumidores, que não querem ter a preocupação de trocar as marchas, além de oferecer uma nova experiência para os motociclistas mais rodados. Oriundo dos automóveis da fábrica, como o Civic e o NSX, o câmbio DCT (Dual Clutch Transmission, ou transmissão de dupla embreagem, em português) tem trocas automáticas, proporcionando mais conforto em longas viagens e praticidade no dia-a-dia. Em resumo, o câmbio permite trocas automáticas ou manuais, por meio de “botões” no guidão, mas não há manete de embreagem e nem pedal de câmbio. Conheça essa tecnologia e deixa sua opinião nos comentários: você teria uma motocicleta equipada com o câmbio DCT? Para saber mais sobre o mundo das motos, acesse o canal Motomotor no Portal Mobilidade Estadão: https://mobilidade.estadao.com.br/canal/motomotor/