Inovação

Apple contrata ex-diretor da Tesla para liderar projeto de carro autônomo

Com o intuito de alcançar o nível 5 de condução autônoma, Apple contrata engenheiro que desenvolveu o sistema AutoPilot da Tesla

3 minutos, 3 segundos de leitura

14/11/2021

Por: Jady Peroni, especial para o Jornal do Carro

logo da apple
Apple contrata engenheiro da Tesla para desenvolver o software autonômo do Apple Car. Crédito:Divulgação/REUTERS - Mike Segar

A Apple parece empenhada na produção do seu tão esperado carro, que está sendo mantido a sete chaves pela empresa. Chamado de Apple Car, o modelo vem com a promessa de bater de frente com grandes montadoras como, por exemplo, a Tesla. E, falando nela, parece que a marca da maçã conseguiu fisgar mais um de seus funcionários.

De acordo com o portal de notícias Bloomberg, a fabricante do Iphone teria contratado o ex-diretor, Christopher CJ Moore, para participar do projeto. Moore foi o engenheiro responsável pelo desenvolvimento do AutoPilot, sistema de direção autônoma da Tesla.

Assim, segundo informações, Moore vai integrar a equipe de desenvolvimento do software autônomo do Apple Car. E responderá diretamente a Stuart Bowrers, também ex-executivo da Tesla, que foi contratado pela Apple no fim de 2020.

Por ora, não há grandes detalhes sobre como será o modelo. Porém, internamente, o projeto é conhecido pelo codinome ”Titan” e já tem uma equipe especializada há mais de 5 anos trabalhando no desenvolvimento.

Apple/Divulgação

Desentendimento na Tesla

Mesmo não tendo nenhuma confirmação por parte de Moore, a Bloomberg afirmou que já esperava a saída do engenheiro da Tesla. As especulações são de que ele teria tido um desentendimento com o CEO Elon Musk.

Recentemente, Musk declarou que os carros da montadora seriam capazes de dirigir de forma totalmente autônoma ainda em 2021. Moore, em contrapartida, sinalizou que as afirmações sobre os carros terem nível 5 de condução autônoma não condiziam com a realidade da engenharia.

Para se ter uma ideia, o sistema atual, considerado como Nível 2, exige que os motoristas mantenham as mãos no volante. Ou seja, o nível 5, portanto, não precisaria de intervenção humana, o que ainda não é possível.

Reviravolta no projeto

O Projeto Titan passou por uma grande modificação no início de 2021, quando o ex-líder, Doug Field, deixou o time da Apple pela Ford. Por isso, a empresa de tecnologia substituiu Field por Kevin Lynch, que liderou a engenharia de software para o Apple Watch.

Nesse meio tempo, houve muitas trocas de gerências e do time do projeto do carro da Apple. Então, por isso – e pela pretensão de alcançar o nível máximo de condução autonônoma – a produção do modelo deve iniciar apenas em 2024. Ou seja, não podemos esperar pelo Apple Car antes de 2025 no mercado.

Fornecedora da Apple mostra veículos elétricos

Foxconn, maior e mais antiga fornecedora da Apple, deu um grande passo na corrida pelos veículos elétricos que dirigem sozinhos. Em evento recente em Taipé, capital de Taiwan, a empresa que produz componentes e monta iPhones, iPads e Macbooks apresentou três modelos elétricos com propostas diferentes: um SUV, um sedã e um ônibus.

Foxconn veículos elétricos
Foxconn/Divulgação

Os veículos elétricos promovem a estreia da marca Foxtron, uma joint-venture entre a Foxconn e a montadora local, Yulon Motor. A fabricante de carros é uma das maiores do país asiático e é conhecida pela construção modelos da japonesa Nissan.

sedã Model E, por exemplo, tem 750 cv de potência, e, segundo informações da Foxconn, vai de 0 a 100 km/h em 2,8 segundos. Além disso, pode rodar até 750 km com uma carga completa de bateria. Já o SUV Model C tem 4,64 metros de comprimento e um entre-eixos generoso de 2,86 m. O modelo faz zero a 100 km/h em 3,8 s e tem autonomia para 700 km.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login