Buscando sugestões para:


Publicidade

Kawasaki amplia sua linha de motos híbridas com nova Z7; conheça

Por: Arthur Caldeira . 16/11/2023
Inovação

Kawasaki amplia sua linha de motos híbridas com nova Z7; conheça

Modelo naked combina bicilíndrico de combustão interna e 451 cm³ com motor elétrico para reduzir consumo de combustível e emissão de poluentes

1 minuto, 57 segundos de leitura

16/11/2023

Por: Arthur Caldeira

Motos Kawasaki Ninja 7 e Z7 híbridas
Motos híbridas da Kawasaki - Ninja 7 e Z7 - chegam ao mercado europeu em 2024. Fotos: Divulgação/Kawasaki

A Kawasaki dobra sua aposta nas motos híbridas como uma forma de reduzir as emissões de poluentes e oferecer opções mais sustentáveis de mobilidade. Além da Ninja 7 Hybrid, a fabricante japonesa aproveitou o Salão de Milão para mostrar ao público a nova Z7 Hybrid. Trata-se de uma versão naked, isto é, sem carenagem da sua esportiva híbrida.

A nova Kawasaki Z7 Hybrid, inclusive, compartilha o mesmo conjunto mecânico da Ninja híbrida. A primeira moto naked híbrida do mundo também usa motor de dois cilindros paralelos com 451 cm³, com arrefecimento líquido e transmissão manual ou automática. O bicilíndrico trabalha em conjunto com um motor elétrico, movido a bateria.

De acordo com a Kawasaki, a tecnologia, pioneira em motos, produz uma potência combinada de 59 cv, mas atinge 69,5 cv com a função e-boost, uma espécie de “força” extra do motor elétrico.

Aceleração de 1.000 cc e consumo de 250 cc

Assim como na versão esportiva, a Z7 híbrida promete desempenho equivalente aos modelos de 700 cc, daí seu nome. Entretanto, quando se leva em conta a aceleração, a Ninja híbrida promete uma arrancada semelhante às motos de 1.000 cc. Isso porque, com a ajuda do motor elétrico, o torque inicial é instantâneo. Apesar do bom desempenho, o consumo projetado pela Kawasaki se assemelha aos modelos de 250 cc.

nova Z7 Hybrid, mais uma moto híbrida da Kawasaki
Z7 Hybrid ainda tem sistema Start & Stop e transmissão automática

Afinal, além da tecnologia híbrida, o motor traz outros sistemas inéditos em motocicletas, como o start stop. Embora seja comum em scooters, o sistema que desliga o motor a combustão em paradas para economizar combustível faz sua estreia nos modelos híbridos da Kawasaki.

Outra novidade da Z7 Hybrid é sua caixa de câmbio com seis velocidades, mas com embreagem automática. Não há manete de embreagem ou pedal de câmbio. Em vez disso, o punho esquerdo traz um botão para alternar entre transmissões automáticas e manuais, junto com “botões “shift paddles” para trocar as marchas.

De acordo com a Kawasaki, suas motos híbridas devem chegar às lojas europeias em 2024. Entretanto, a fabricante japonesa ainda não revelou os preços e nem as especificações técnicas completas.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login