Buscando sugestões para:


Inovação

Marcopolo revoluciona mercado de carrocerias de ônibus

Com mais de 140 novos atributos, Geração 8 oferece mais conforto, segurança e eficiência no transporte de passageiros

5 minutos, 25 segundos de leitura

26/01/2022

Por: Marcopolo, Estadão Blue Studio

ônibus da marcopolo
Foto: Divulgação Marcopolo

Imagine 100 engenheiros viajando de ônibus por todo o País para sentir na pele as necessidades dos passageiros e dos motoristas. A Marcopolo fez isso para desenvolver sua Geração 8, a G8. Ao longo dos mais de 44 mil km percorridos, os engenheiros observaram questões como a largura e o espaçamento entre as poltronas, a dinâmica de circulação dentro do veículo e o nível de visibilidade do condutor. 

As conclusões foram avaliadas em conjunto pelas áreas de Design, Engenharia e Operações Industriais, resultando em mais de 140 inovações implementadas na nova linha da empresa, que representaram em mais de 60 patentes. São aprimoramentos que resultam em mais segurança, conforto, conectividade, dirigibilidade, ergonomia e sustentabilidade – tudo isso aliado a um design limpo, com fluidez das linhas. 

“A Marcopolo sempre se destacou por estar na vanguarda das inovações. A Geração 8 é uma síntese de como fazemos isso sempre pensando em conciliar os interesses dos operadores, dos passageiros e dos motoristas”, diz o CEO, James Bellini. 

Conforto ampliado

Várias frentes foram trabalhadas para acomodar melhor os passageiros e tornar a experiência mais confortável – a começar pela escada de acesso, que ganhou degraus mais amplos. O desenho ergonômico das poltronas otimiza o espaço para as pernas, com ajustes na distribuição das espumas do assento e do encosto, proporcionando mais conforto e acolhimento. 

O sistema de reclinação também é completamente novo, com acionamento mais fácil, suave e que permite diversas posições, de acordo com o biotipo do passageiro. Os comandos de áudio e vídeo estão posicionados nas laterais e oferecem som digital de quatro canais, além de controle da iluminação de leitura.

Climatizado com ar-condicionado e equipado com sistema de fechamento automático da porta, além de apoios para dar segurança durante o uso, o novo sanitário foi projetado para criar um ambiente confortável e ergonômico. Para mais eficiência e eliminação de possíveis odores, a descarga em sistema Ecoflush tem a opção de sucção a vácuo, a exemplo da adotada em aviões.

Nesse esforço por mais conforto, os trabalhadores não foram esquecidos. A poltrona do motorista foi desenvolvida em formato ergonômico de concha e revestimento em neoprene na região do pescoço, para se moldar melhor ao biotipo de cada profissional. 

Iluminação é destaque

A Geração 8 traz ganhos significativos na qualidade da iluminação externa, item fundamental para o conforto do motorista e a segurança da viagem. Produzidos pela alemã Hella, os faróis proporcionam eficiência até 3,5 vezes maior em relação aos demais modelos atualmente em mercado. 

As lentes em policarbonato, altamente resistentes, suportam impactos de objetos de até 100 gramas em uma velocidade de 80 km/h. Em razão da sua concepção de parábola em cinco partes, geram ofuscamento até 80% menor nos veículos em sentido contrário. Caso seja necessária a manutenção, o conjunto conta com um sistema de articulação do farol para proporcionar fácil acesso e agilidade na troca de lâmpadas.

A luz de freio, em LED, oferece área iluminada 176% maior, e a luz de neblina, também em LED, possui retrorrefletor integrado. As mudanças trazem maior eficiência luminosa e garantem um aumento da segurança, pois permitem que sejam vistos a uma distância maior. Outra mudança importante é o novo defroster, mais potente – com esse sistema, o para-brisa é completamente desembaçado em tempo inferior a quatro minutos.

Foto: Divulgação Marcopolo

Foco na sustentabilidade

A sustentabilidade foi outro aspecto prioritário no projeto da G8. Com o aprimoramento do coeficiente aerodinâmico em 11% na comparação com a geração anterior, foram reduzidos o consumo de combustível e a consequente emissão de gases de efeito estufa.

O uso de fibra de vidro foi reduzido em 80%, com a substituição por matérias-primas de polímeros especiais em peças como para-choques, grade dianteira e tampa traseira, entre outros componentes. Além de serem mais leves e resistentes, esses materiais são facilmente substituíveis e recicláveis. O novo teto é totalmente produzido em alumínio, com redução de peso, maior durabilidade e resistência. 

Muitas etapas da fabricação também ganharam características de sustentabilidade, como o uso de máquinas de solda com inversora e de gás com menor impacto ao operador e ao meio ambiente, providências que reduziram o consumo de energia.

Para tornar o transporte coletivo mais seguro contra contaminações de vírus e bactérias, a Geração 8 conta com a Marcopolo Biosafe, plataforma que reúne soluções focadas em biossegurança. As providências incluem desinfecção do sanitário e ar-condicionado por meio de luz UV-C, aditivos antimicrobianos no corrimão de entrada, cortinas e capas, layout 1x1x1 – com poltronas individuais separadas em três fileiras – e dispensers de álcool em gel.

Inovação contínua

O lançamento da Geração 8 é um novo capítulo de uma tradição fascinante. Quando a primeira geração da empresa foi lançada, em 1968, o sucesso foi tão grande que o nome do modelo, Marcopolo, acabou sendo adotado para rebatizar a própria organização.

Hoje, além da ampla liderança no mercado interno, a Marcopolo está posicionada entre as maiores fabricantes de carrocerias de ônibus do mundo. Com unidades nos cinco continentes, seus veículos rodam nas estradas de mais de 100 países. A inovação é uma marca da empresa desde a fundação, em 1949, em Caxias do Sul (RS). 

Por conta de toda essa tradição, as novidades não param. Depois das parcerias que permitiram à empresa entregar 370 veículos elétricos e híbridos em vários países, 75 deles no Brasil, a Marcopolo lançará, ainda neste ano, o Attivi, primeiro ônibus elétrico com chassi próprio da companhia. O modelo foi projetado para atender às diferentes possibilidades do setor de transportes nos mercados brasileiro e internacional, com foco em soluções cada vez mais sustentáveis. 

A eletrificação de veículos é um dos pilares do Plano Estratégico 2020/2025 da Marcopolo. “Vamos continuar investindo em tecnologias inovadoras para continuarmos sendo protagonistas da mobilidade no Brasil e no mundo”, anuncia João Paulo Ledur, diretor de Estratégia e Transformação Digital.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login