Buscando sugestões para:


Inovação

Startup Ucorp lança tokenização de deslocamentos para mobilidade elétrica

Tokens oferecerão benefícios e cashback para os usuários de veículos 100% elétricos

2 minutos, 41 segundos de leitura

09/06/2022

Por: Ju Cabrini

tokenização de deslocamentos para mobilidade elétrica
Usuários serão beneficiados pelo uso de veículos elétricos. Crédito: Divulgação Ucorp

De forma geral, não é fácil para os consumidores entenderem quando especialistas dizem que a eletromobilidade traz possibilidades infinitas. Sim, já temos as motos elétricas, os carros elétricos e até os drones de passageiros estão sendo desenvolvidos, mas para onde mais pode nos levar a mobilidade elétrica? 

A startup  UCorp, que atua no segmento de tecnologia e soluções para mobilidade elétrica, em parceria com a Blockforce, especializada em soluções de blockchain (sistema que permite rastrear o envio e recebimento de alguns tipos de informação pela internet), achou mais um caminho.  

A empresa acaba de anunciar os UCorp Carbon Tokens (UCO2), tokens lastreados no valor de créditos de carbono. A nova frente de negócios ESG (referência em inglês às práticas ambientais, sociais e de governança) tem foco em tecnologia blockchain no mercado de tokenização (processo de fragmentação de um ativo real em frações digitais para que possam ser facilmente negociadas). 

Sim, é um pouco complexo. Na prática, a startup usará a tecnologia para incentivar e auditar a redução dos gases de efeito estufa nas cidades onde opera, e a rastreabilidade do blockchain será base para a verificação do ativo. Os tokens de carbono serão calculados com base nos quilômetros rodados de cada usuário indicado pela plataforma, de forma gamificada e transformada em NFTs (Token não fungível). 

“Em breve, os usuários do app. poderão mensurar quanto de CO2 deixaram de emitir em cada deslocamento, ganhar cashback, pontos de fidelidade e trocar por produtos e benefícios em plataformas das empresas parceiras ou até comprar UCorp Carbon Token com preço diferenciado. A aposta é que o token ou “ativo digital” se valorize na mesma proporção das criptomoedas mais conhecidas, como Bitcoin e Etherium, somado ao crescimento exponencial do mercado de créditos de carbono e veículos elétricos nos próximos dois anos”, explica Guilherme Cavalcante, fundador e CEO da UCorp.

A UCorp é a primeira empresa a desenvolver um token lastreado no valor dos créditos de carbono regulados para mobilidade ESG e elétrica no País. O objetivo do negócio é alcançar R$ 70 milhões em emissão de tokens na plataforma até o final de 2023.

Confira o passo a passo da tokenização

      •     Por meio do aplicativo UCO2, registre o início de seu percurso com um meio eletrificado;

      •     Finalize a corrida e visualize quanto em UCO2 gerou aquele deslocamento no app;

      •     Na carteira digital (Wallet), o motorista tem acesso ao saldo e quanto de CO2 deixou de emitir nos deslocamentos 100% elétricos;

      •     Visualize o quanto valorizaram seus tokens e o volume transacionado. Valor atrelado ao preço do crédito de carbono no mercado regulado.

      •     Deposite, saque e compartilhe os tokens de forma simples, e tenha acesso a rede de benefícios usando a chave pública.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login