Voltar
Inovação

Tecnologias autônomas também nas entregas de mercadoria

No futuro, veículos de distribuição de carga terão drones ou mesmo capacidade para seguir os passos do entregador

Décio Costa

27/04/2020 - 3 minutos, 54 segundos


O sistem libera mercadorias aos drones, acomodados no teto do veículo, que partem para entregas em um raio de até 10 km. Foto: Divulgação

Cidades cada vez mais densas e expansão do comércio eletrônico se apresentam como partes dos desafios nas entregas de mercadorias. Ao mesmo tempo que as zonas urbanas se tornam congestionadas, na outra ponta consumidores exigem serviços mais eficientes.

Como integrante da cadeia logística, a indústria automotiva se esforça para deixar de ser apenas fabricante de veículo mas também fornecedora de soluções.

Vêm da Alemanha exemplos inovadores capazes de transformar a distribuição de carga nos grandes centros urbanos. A unidade de negócios de comerciais leves da Mercedes-Benz liderou um desenvolvimento que integrou, em um furgão elétrico, compartimento de carga automatizado e drones autônomos para as entregas de mercadorias.

O modelo, batizado de Vision Van, foi pensado para atuar na última milha no processo de distribuição, do armazém ao destinatário. Ainda no centro logístico, prateleiras e gavetas são abastecidas por um sistema automatizado, organizando as entregas de acordo com a rota. A partir daí, um veículo de carregamento transfere o conjunto de uma só vez para dentro do compartimento de carga do furgão.

Entregas aéreas

No destino, o sistema robotizado seleciona o pacote automaticamente e dispensa nas mãos do entregador ainda no seu posto de condução. De maneira simultânea, se necessário, o sistema libera mercadorias aos drones, acomodados no teto do veículo, que partem para entregas em um raio de até 10 quilômetros.

Na mescla de tecnologias adotadas no conceito da Mercedes-Benz, traz ainda acionamento 100% elétrico, com autonomia para 270 quilômetros, comando do veículo por joystick e recursos de comunicação com o ambiente e o operador.

O conceito do veículo traz um sistema que carrega o compartimento de carga de uma vez só. Foto: Divulgação

De acordo com a empresa, o conceito reduzirá tanto o tempo entrega por pacote quanto o de paradas do veículo, além de contribuir para mais entrega em um mesmo dia e horários definidos. “Com a Vision Van, estamos integrando a inteligência de um armazém logístico em um furgão”, resumiu Volker Mornhinweg, chefe da unidade Mercedes-Benz Vans, na ocasião da apresentação do modelo, em Sttutgart, em 2016. “Estimamos que esse veículo permita um aumento de produtividade de até 50% nos serviços de entrega de última milha.”

Avisos luminosos na dianteira e na traseira alertam quando o veículo para, quando os drones decolam ou quando o motorista desce do veículo. No painel, o condutor tem acesso a informações como planejamento de rota e dados de voo dos drones. Ainda no piso, indicadores de LED sinalizam o motorista da aproximação de ciclistas ou pedestres

Tecnologia que dispensa paradas

No mais recente Salão de Veículos Comerciais de Hanover, na Alemanha, em 2018, a ZF também apresentou sua visão para proporcionar mais eficiência e segurança nas entregas urbanas do futuro.

A empresa levou um furgão equipado com um computador de alta velocidade e um conjunto de sensores, radares e tecnologia Lidar, que o tornam autônomo quando necessário, durante as operações de distribuição.

Furgão ZF: equipado com computador de alta velocidade e um conjunto de sensores, radares e tecnologia que o tornam autônomo quando necessário. Foto: Divulgação

Além da capacidade para trafegar no trânsito de maneira independente, desviar de obstáculos, reconhecer semáforos e reagir a situações de risco, a companhia providenciou função que faz com que o veículo acompanhe o entregador fora do veículo.

Por tablet, o operador consegue fazer com que o furgão siga seus passos, uma solução para duas ou três entregas em uma mesma uma rua, por exemplo. No caso de não haver vagas de estacionamento, a van também pode seguir em frente em busca de uma.

Docas mais seguras

Eletrificação, tecnologias híbridas e direção autônoma são as soluções-base de veículos nos conceitos desenvolvidos pela alemã ZF.

No caso dos caminhões, a empresa avança em sistemas que buscam superar desafios encontrados em ambientes confinados, como terminais de carga. Um dos conceitos, o modelo híbrido elétrico, pode manobrar reboques e contêineres de maneira totalmente autônoma.

Sensores instalados na estrutura do local e no veículo se comunicam para permitir os deslocamentos internos. Com isso, acredita a ZF, o processo logístico ganha não só agilidade, segurança ao evitar acidentes ou danos materiais como também redução na emissão de poluentes.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login