Meios de transporte

Importância das bikes para meio ambiente e saúde das pessoas

“As bikes são o veículo ideal na busca por uma maneira mais sustentável e saudável de locomoção.”

2 minutos, 36 segundos de leitura

15/09/2021

O acontecimento da Cúpula do Clima neste ano acendeu, mais uma vez, um alerta vermelho sobre a urgência da redução nos níveis de poluição com o objetivo de barrar o aumento na temperatura média do planeta. O aquecimento global precisa ser combatido de todas as maneiras.
Sim, a pandemia, o isolamento social e a quarentena contribuíram para a redução nos índices. Tanto que, segundo a Cetesb, entre os dias 20 e 30 de março de 2020, a redução da circulação de veículos na capital paulista refletiu no apontamento de uma boa qualidade do ar nas 29 estações de monitoramento.

Porém, essa diminuição não durou muito tempo – tanto que, hoje, há uma crescente nos níveis de trânsito e congestionamento nas grandes cidades, que está praticamente igual aos registrados antes da pandemia.
É necessário uma transformação urgente no mindset da população. E as bicicletas são o veículo ideal na busca por uma maneira mais sustentável e saudável de locomoção.

Seja para lazer, seja para deslocamento ao trabalho, muitos centros urbanos já estão preparados para recebê-las. Somente a cidade de São Paulo tem mais de 680 quilômetros de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas.

Veículo democrático

E cada vez mais as ‘magrelas’ caem no gosto popular. Tanto que dados da Aliança Bike revelaram que, no ano passado, apenas na cidade de São Paulo, houve um crescimento de 66% nas vendas. Já o aumento consolidado no Brasil foi de 50%.

Veículo democrático, há modelos para todas as idades, gostos, necessidades e bolsos. E o melhor: ao adquirir uma bike, começa-se a fazer parte de um ecossistema formado por vendedores de acessórios, trajes especiais e bicicletarias que realizam consertos, manutenções e instalação de equipamentos. A economia é, positivamente, movimentada, gerando novos empregos e renda.

Andar de bicicleta, regularmente, é uma das melhores maneiras de reduzir o risco de problemas de saúde associados a um estilo de vida sedentário. É um bom treino muscular, já que são usados todos os principais grupos musculares enquanto se pedala.

O ciclismo é uma atividade, principalmente, aeróbica, o que significa que coração, vasos sanguíneos e pulmões se exercitam. A respiração é mais funda, acontece a transpiração e se experimenta um aumento na temperatura corporal, o que melhora o nível de condicionamento físico.
É uma excelente forma de lutar contra a obesidade e manter o controle do peso, como se proteger de doenças cardiovasculares. Diabetes, câncer, doenças mentais e artrite também podem ser evitados.

Quem é sedentário pode começar com uma bicicleta elétrica. Esse tipo de veículo talvez seja de grande ajuda também a quem precisa percorrer grandes distâncias ou está em regiões irregulares, com muitas subidas e descidas.

Andar de bicicleta é saudável e divertido. Fácil de se encaixar na rotina, é uma forma de exercício de baixo impacto para todas as idades. Isso sem dizer que ajuda a proteger o meio ambiente. Só existem benefícios.

Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião do Estadão

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login