Voltar
Meios de transporte

Locação de carros: boa solução também para as férias

Carros novos, conforto, economia e novas experiências ao dirigir impulsionam essa opção de mobilidade que cresce graças à variedade de modelos, serviços e facilidades de pagamento

Patrícia Rodrigues

20/12/2019 - 6 minutos, 1 segundo


Rafael da Costa Castro, 38 anos, gerente comercial de um escritório de varejo cliente da Movida, onde aluga um Jeep Compass. Crédito: Marco Ankoski

Minha única preocupação é abastecer”, conta Rafael da Costa Castro, que desde o ano passado substituiu gradualmente os dois carros da família por um veículo alugado que usa no dia a dia e também durante as férias para fazer pequenas viagens ao interior de São Paulo. Ele não é o único: João Carlos Queiroz Ferreira Ratto há mais de 30 anos faz uso dessa alternativa (já oficial) para suas muitas viagens a trabalho. “Naquela época quase não havia esse serviço e apelava até para carros particulares. Hoje, alugar é uma opção muito interessante para o dia a dia, com várias ofertas e preços viáveis”.

Pura verdade. Em 2018, o segmento de locação de veículos registrou expansão, batendo seu próprio recorde de emplacamento. “No ano passado, as locadoras compraram 19% do total de automóveis e comerciais leves vendidos no País (praticamente uma unidade a cada cinco emplacadas), consolidando o setor como o principal cliente das montadoras”, explica Paulo Miguel Junior, presidente do Conselho Nacional da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla).

NOVAS EXPERIÊNCIAS DE MOBILIDADE

As pessoas buscam soluções inovadoras de locomoção e o uso compartilhado de veículos é uma delas, fazendo a locação conquistar mais espaço. “No Brasil está virando hábito e temos que oferecer opções cada vez mais customizadas às necessidades dos clientes”, avalia Elvio Lupo, diretor da divisão de aluguel de carros da Localiza. Uma das líderes do mercado e pioneira no serviço, a empresa possui frota de 235 mil veículos em 598 agências, distribuídas em 399 cidades no Brasil e em mais cinco países da América do Sul, além de mais de 8 mil oficinas parceiras. Com a tendência de valorização do uso em detrimento da posse, a locação de carro mudou o perfil: mais tempo no tráfego entre cidades, oferece modelos mais atrativos, mais serviços e mais tecnologia. “Com isso, o setor cresceu acima de dois dígitos mesmo durante a crise”, completa Jamyl Jarrus, diretor executivo comercial e de marketing da Movida, que possui quase 71 mil carros na frota de aluguel, divididos em 27 grupos e mais de 120 modelos de carro. “A demanda nas férias também cresce, atraindo cada vez mais o cliente de lazer. A mobilidade nos destinos turísticos é parte da viagem, porque se desloca sempre que for preciso, mas agora com muito mais graça, sendo a locação parte dessa experiência”, acrescenta.

Conforto e economia na cidade e nas viagens

“Mesmo com dois carros em casa, decidi fazer um plano de assinatura em 2018 para vender um deles. A experiência foi tão boa que vendi o segundo há um mês. A opção do aluguel tem sido uma excelente, pois me permite dirigir um carro cujo valor não está nos meus planos para desembolsar. Além disso, atende minhas necessidades na cidade e também para as viagens ao interior, pelo menos uma vez por mês, já que preciso de um carro mais alto e mais potente para as estradas de terra.  Escolhi um modelo a diesel, bem econômico, supercomfortável, e percebi que em 3 meses de aluguel fiz uma economia de 10% em relação aos gastos anteriores com IPVA, seguro e manutenção. Escolhi o carro que quis, desde a cor, novinho de fábrica, sem me prender a uma oferta engessada e sem esquentar com a desvalorização do bem. Quando o pacote terminar, posso escolher outro novo”.

Rafael da Costa Castro, 38 anos, gerente comercial  de um escritório de varejo, cliente da Movida que aluga um Jeep Compass

João Carlos Ratto (de preto) ao lado do filho Ricardo

Excelente relação custo/benefício para trabalhar

“Hoje, com a quilometragem livre, não é preciso se preocupar com esse detalhe, são vários os benefícios, como pagamento pelo cartão de crédito, contratos por meio de plano de assinatura anual, bastante vantajosos para quem pega muito a estrada como é o meu caso. Carro é meu instrumento de trabalho e procuro sempre o que me oferece segurança, conforto e boa relação custo-benefício. Utilizo o modelo alugado somente nos dias em que tenho necessidade e também em aeroportos quando é o caso. No final de semana, uso o carro da minha esposa, bicicleta, trem ônibus e metrô, pois meu bairro é bem servido de transportes públicos e isso me dá a a oportunidade de conhecer a cidade de outras maneiras bem interessantes.”
João Carlos Ratto (de preto), 67 anos, vendedor de produtos industriais, cliente Localiza, onde aluga um Chevrolet Onix.

Vantagens de locar um veículo

  • Economia: não tem despesas com IPVA, seguro e manutenção do veículo
  • Evita desgaste e desvalorização de um veículo próprio
  • Frota nova
  • Tranquilidade de contar com toda uma estrutura de suporte e serviços de atendimento ao usuário
  • Variedade: na maioria das locadoras, a reserva é feita somente por categoria (grupo de veículos). Por exemplo, ao reservar a locação de um veículo da categoria luxo, o cliente terá à disposição vários modelos desse nicho
  • A locação é um meio de transporte complementar ao modal aéreo ou rodoviário, a partir do aluguel no próprio aeroporto/ rodoviária, ampliando o horizonte da viagem
  • Oferece a possibilidade de testar um modelo desejado, observando seu desempenho no trânsito da cidade e na estrada

Dicas para alugar um carro nas férias

  • Conheça claramente o propósito da locação: data e local de retirada e devolução do carro, quantas pessoas irão, número de bagagens, lugares para onde deseja ir antes mesmo de escolher o veículo, pois há um ideal para cada situação (é comum a pessoa alugar um carro mais simples, mas quando chega à agência descobre que as malas não cabem ou que o espaço não é o suficiente para a família. Tire todas as dúvidas nos canais de atendimento das locadoras);
  • Alugue com antecedência permite achar o carro desejado e garantir preços melhores, já que ele varia de acordo com a demanda e a oferta;
  • Informe-se sobre a proteção a sinistros ( parcial, total, qual o valor da franquia); as condições em caso de motorista adicional e qual o modelo do veículo disponibilizado para a locação, dentro da categoria escolhida;
  • Para economizar, faça a reserva pela internet ou do aplicativo (na Movida, por exemplo, o pré-pagamento oferece 5% de desconto);;
  • Informe o condutor adicional: em caso de acidente com outro motorista, o veículo estará coberto pela proteção contratada (vale para as multas, porque será possível transferir os pontos). Em sinistro de perda parcial ou total, a falta da indicação prévia acarretará o pagamento integral dos danos causados ao veículo. Em algumas locadoras, existe uma taxa por condutor adicional;
  • Quilometragem controlada ou livre: a primeira é vantajosa para pequenas distâncias (até 100 quilômetros por dia). A livre é a mais procurada, pois o usuário pode mudar seus roteiros sem se preocupar com alteração na tarifa da locação;

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login