Royal Enfield mostra Shotgun 650 no Festival Interlagos | Mobilidade Estadão | Acima de 600 cilindradas, Mercado, MotoMotor

Buscando sugestões para:


Publicidade

Royal Enfield mostra Shotgun 650 no Festival Interlagos

Por: Arthur Caldeira . Há 12 dias
Meios de Transporte

Royal Enfield mostra Shotgun 650 no Festival Interlagos

Nova moto custom da marca indiana usa motor de dois cilindros e deve chegar às lojas ainda neste ano

1 minuto, 46 segundos de leitura

08/06/2024

Por: Arthur Caldeira

Royal Enfield Shotgun 650
Modelo tem estilo bobber e motor de 47 cv de potência. Fotos: Divulgação/Royal Enfield

A Royal Enfield apresentou a nova Shotgun 650 no Festival Interlagos 2025. A custom, que usa a mesma base mecânica da recém-lançada Super Meteor, já estava confirmada para o Brasil. Entretanto, fez sua estreia para o público brasileiro no evento, que acontece até amanhã (9/6) no autódromo paulistano.

Apesar de a Shotgun 650 estrear durante o Festival, o modelo deve levar algum tempo até chegar às lojas. Embora sua homologação não seja complicada, já que compartilha o motor bicilíndrico de 650 cc e outros itens com a Super Meteor, sua produção ainda deve demorar. Tanto que a Royal Enfield ainda não divulgou o preço. Entretanto, o valor deve ser menor do que a SM 650, assim como e outros mercado, garantiram fontes ligadas à marca.

Como é a nova Royal Enfield Shotgun 650

Lançada no final do ano passado, a Shotgun 650 é a quarta moto que a Royal Enfield cria a partir da plataforma bicilíndrica de 650 cc. Embora tenha um design mais atual, a nova moto de 650 cc compartilha os mesmos equipamentos da Super Meteor 650.

Shotgun 650 se diferencia da Super Meteor por ter pedaleiras centralizadas e guidão reto. Foto: Divulgação/Royal Enfield

A Shotgun tem painel de instrumentos que mescla um velocímetro analógico com uma pequena tela de LCD digital, além do navegador Tripper Navigation com Bluetooth e entrada USB.

Na parte mecânica, a Shotgun 650 usa o motor bicilíndrico paralelo de 649 cc, refrigerado a ar, que traz câmbio de seis marchas, além de embreagem deslizante e assistida. Os números de desempenho são os memos da Super Meteor: 47 cv de potência e 5,33 mkgf de torque máximo.

Apesar de, visualmente, lembrar bastante a Super Meteor 650, a Shotgun proporciona uma postura de pilotagem mais ereta. Tudo em função das pedaleiras centralizadas e do guidão mais baixo.

Já na ciclística, a bobber usa garfos telescópicos invertidos, na dianteira, como sua irmã cruiser. Na traseira, há dois amortecedores, com ajuste na pré-carga da mola. Os freios são a disco nas duas rodas, com sistema ABS de série

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login