Voltar
Meios de transporte

Viagem de ônibus por 18 países em 70 dias custará R$ 100 mil

Excursão de ônibus partirá de Nova Délhi em maio de 2021 e passará por Tailândia, China, Rússia, além de países do Leste Europeu

29/09/2020 - 3 minutos, 7 segundos


Viagem de ônibus por 18 países em 70 dias custará R$ 100 mil

Para quem gosta de fazer turismo ou apenas viajar de ônibus, vem aí o Bus to London, roteiro que ligará as capitais da Índia, Nova Délhi e do Reino Unido, Londres. O percurso terá 20 mil quilômetros e passará por 18 países em 70 dias. Nas paradas ao longo do caminho os passageiros poderão explorar as cidades.

Leia mais:
VWCO amplia operação no México
Nenhuma empresa está acima da lei', diz Covas sobre apreensão de patinetes
As novidades no trânsito não param de chegar

A saída da primeira viagem está marcada para maio de 2021 da capital indiana. A confirmação da data ainda depende de questões relacionadas pandemia do novo coronavírus. Como as condições de controle da doença e as restrições de viagens impostas pelos países incluídos no roteiro.

Segundo informações da empresa, é possível comprar bilhetes para todo o percurso ou para um dos quatro trechos. Apenas 20 lugares serão oferecidos na primeira saída. Cada um custa € 15.300, equivalentes a cerca de R$ 100 mil na conversão direta, sem impostos.

Leia também: A evolução dos ônibus em cinco fatos

Ônibus resgata aventuras dos anos 1950 e 60

Batizada pelos organizadores como a “a viagem de ônibus mais longa do mundo”, a excursão turística não é uma ideia nova. Trata-se da recriação de um roteiro que era oferecido regularmente nas décadas de 1950 e 1960.

O programa original ligava Londres a Calcutá. A viagem passava por França, Itália, ex-Iugoslávia, Bulgária, Turquia, Irã e Paquistão. Os jovens da época buscavam esse tipo de turismo em busca de “viagens espirituais”. Eram os chamados “ônibus mágicos”.

Parte da nova rota é semelhante à do passado, mas agora há muito mais conforto. O ônibus de classe executiva tem assentos reclináveis com amplo espaço para esticar as pernas. Entre os mimos haverá wi-fi, ar-condicionado, tomadas para recarregamento de celular nos assentos.

Outros destaques são os armários privados e o sistemas de entretenimento individual. Na prática, a única semelhança entre o ônibus antigo e o atual é a capacidade para 20 passageiros sentados.

Viagem inclui a Rota da Seda

O roteiro do Bus to London poderá ser feito integralmente ou por trecho. O ônibus partirá de Nova Delhi, na Índia, em direção a leste – a Inglaterra fica a oeste. Após Mianmar, uma das atrações é o centro gastronômico de  Bangkok, na Tailândia.

Depois vêm o Laos, e a chegada à China é feita em Chengdu, conhecida por causa dos panda. Há passeios pela Muralha da China e o deserto de Gobi. A viagem segue o mesmo percurso que ficou conhecido como a Rota da Seda.

Isso inclui o Quirguistão, o Uzbequistão e o Cazaquistão, antes da chegada à Rússia. Um dos atrativos desse trecho é a visita à Praça Vermelha, em Moscou.

Em seguida vêm LetôniaLituâniaPolôniaRepública ChecaAlemanhaHolanda, Bélgica França. A viagem termina em Londres, na Inglaterra, após um pouco mais de dois meses na estrada.

Quatro opções de trechos

Os quatro trechos do roteiro são: sudeste da Ásia, China, Ásia Central e Europa. O primeiro inclui Índia, Mianmar, Tailândia e Laos e o segundo foca a China.

O terceiro vai do Quirguistão à Rússia e o quarto, da Letônia à Inglaterra. A empresa não informou os preços por trecho.

O Bus to London é oferecido pela Adventure Overland. A empresa, criada em 2012 pelos indianos Sanjay Madan e Tushar Agarwal, foca viagens rodoviárias. E levou viajantes em roteiros de ônibus em 70 países em todos os continentes, segundo informações da companhia.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login