Mobilidade com segurança

8 novas tecnologias que ajudam a salvar vidas no trânsito

Conheça os itens que já estão disponíveis no Brasil para ajudar a reduzir acidentes nas ruas e rodovias

3 minutos, 36 segundos de leitura

12/05/2021

Por: Wilson Toume

Conteúdo produzido em parceria com o Observatório Nacional de Segurança Viária
Mobilidade Estadão, uma marca laço amarelo
Alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência. Foto: Divulgação Volvo
Alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência. Foto: Divulgação Volvo

A tecnologia está cada vez mais presente nos automóveis. Carros conectados, com motores elétricos ou sistemas híbridos, por exemplo, passaram a ser mais comuns nas ruas brasileiras. Além disso, as montadoras investem em equipamentos de segurança a fim de reduzir acidentes e tornar a condução mais segura. Confira, a seguir, alguns desses sistemas que já estão disponíveis em veículos comercializados no Brasil

1. Alerta de fadiga

Por meio de sensores, o computador central do carro analisa a maneira de dirigir do condutor após os primeiros quilômetros sempre que o motor é acionado. Se detectar que o motorista está demonstrando sinais de cansaço ou desatenção, soa um alarme, sugerindo parada para descanso.

Alerta de fadiga da Mercedes-Benz. Foto: Divulgação

2 – Monitor de ponto cego

sensores nas laterais do veículo detectam a aproximação e a presença de veículos, alertando o motorista nas manobras de mudança de faixa e de ultrapassagem. Com o carro estacionado, o sistema também pode avisar sobre algum veículo se aproximando na hora de os ocupantes desembarcarem.

Foto: Divulgação Bosch

3 – Alerta e assistente de manutenção em faixa

Uma câmera (ou duas ou três, no caso de veículos mais sofisticados) analisa as faixas pintadas na via e, caso o motorista mude de pista sem sinalizar (usando as setas), aciona um alarme. No caso do assistente, o sistema também corrige o desvio de trajetória, mantendo o carro na pista.

Foto: Divulgação Audi

4 – Alerta de colisão e frenagem autônoma de emergência

Sensores e câmeras monitoram a área à frente do veículo no trânsito e, se detectarem que carro, caminhão ou ônibus reduziu a velocidade ou parou abruptamente, o sistema, inicialmente, avisa o motorista por meio de alertas visual e sonoro. Se o condutor não tomar nenhuma medida a respeito (reduzir a velocidade e frear), os freios são acionados para mitigar as consequências de uma possível colisão ou mesmo evitá-la. Alguns automóveis têm equipamentos que também conseguem identificar pedestres e ciclistas no trânsito urbano.

Foto: Divulgação Volvo

5 – Alerta de tráfego cruzado traseiro

Item muito útil, principalmente, nas manobras de ré, ao sair de vagas em supermercados, por exemplo. Sensores na traseira do veículo detectam a presença ou aproximação de outros carros (ou pedestres), auxiliando o motorista. Pode atuar com avisos sonoros, imagens ou ambos se o automóvel possuir câmera de ré.

Foto: Divulgação Volvo

6 – Controlador de velocidade de cruzeiro adaptativo (com sistema stop and go)

Popularmente conhecido como piloto automático adaptativo, o equipamento não só mantém o carro em uma velocidade programada como também na distância desejada em relação ao carro que vai à frente, independentemente da velocidade deste. Caso o motorista esteja rodando a 80 km/h com o sistema acionado e depare com um caminhão trafegando a 70 km/h, por exemplo, o equipamento passa a manter a distância programada pelo motorista, em vez da velocidade. Assim que a via à frente ficar livre novamente, o carro volta a rodar a 80 km/h, automaticamente. Os sistemas mais modernos são capazes de atuar mesmo em situações de anda e para, típicas de trânsito urbano.

Foto: Divulgação Mercedes-Benz

7Leitor de placas de velocidade

Por meio de câmeras na parte interna do para-brisa, o sistema identifica as placas com os limites e alerta o motorista, caso este esteja acima do permitido. Alguns modelos também conseguem identificar semáforos. Se o veículo possuir controlador de velocidade adaptativo, os itens podem atuar em conjunto, proporcionando uma condução semiautônoma.

Foto: Divulgação Audi

8 – Câmera de visão noturna

Graças a uma câmera de infravermelho com detector de calor, a central eletrônica do veículo consegue detectar a presença de animais e de pessoas, mesmo sob condições adversas, como neblina e chuva. O equipamento alerta o motorista e exibe as imagens em uma tela no quadro de instrumentos do veículo e ajuda a evitar acidentes, principalmente no caso de animais que surgem inesperadamente cruzando a via à noite.

Foto: Divulgação Audi

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login