Voltar
Mobilidade com segurança

Instaladores dão dicas para quem deseja usar lâmpadas LED em automóveis e motos

É fundamental usar o tipo correto de lâmpada para cada modelo de veículo

11/03/2020 - 2 minutos, 12 segundos


instalador-de-lampada-phillips
Henrique Batista dos Santos, da Speed Garage, localizada no Brooklin: “É muito importante ficar atento às especificações da lâmpada e conferir se ela é compatível com a moto”. Foto: Diego Padgurchi.

Rodrigo Quaresma é sócio da AlphaSom, loja de acessórios automotivos de Barueri (SP) e especialista técnico da empresa. Sua função é ajudar a esclarecer qualquer dúvida técnica que os clientes tenham sobre os produtos oferecidos. Para isso, além da experiência de 15 anos no setor, Quaresma realizou diversos cursos de aperfeiçoamento e atualização – entre os quais, alguns promovidos pela Philips. O profissional lembra que as lâmpadas de LED podem ser adotadas na maioria dos automóveis. Só é preciso observar se o veículo possui algum tipo de alerta de problema nas luzes ou na parte elétrica. Em caso positivo, será preciso utilizar um dispositivo chamado canceller.

“Como o LED consome menos eletricidade que a lâmpada original do carro, a central percebe isso como se houvesse uma luz queimada ou com problema e fica alertando o motorista”, explica Quaresma, lembrando ainda que não existe regra para isso. “Vários automóveis possuem esses sistemas de alerta, tanto modelos novos como mais antigos”, esclarece.

LED Philips Ultinon: ótima solução para uso urbano e estradas.

Recomenda-se um especialista

A substituição das luzes convencionais por lâmpadas em LED Philips é tarefa simples e rápida, mas ainda assim é recomendável deixar esse trabalho para um especialista, já que, além da prática, um profissional pode providenciar algum eventual ajuste das novas luzes (embora
não seja necessário na maioria dos casos). Rodrigo Quaresma lembra ainda que é preciso ficar atento ao modelo do LED recomendado para o veículo, de acordo com a especificação da luz original.

OFERTAS 0KM

“Existem lâmpadas para farol alto, baixo e as auxiliares de neblina”, observa. Além disso, alguns automóveis possuem lâmpadas específicas para cada função, enquanto outras têm filamento duplo: facho alto e baixo.
O profissional faz outra observação importante: apesar de mais potente e com maior luminosidade, a lâmpada LED Ultinon da Philips não provoca ofuscamento e também contribui para a economia de combustível. “Não chega a ser uma redução perceptível, mas acredito que qualquer contribuição para reduzir o consumo de combustível é bem-vinda”, afirma.

De olho nas especificações

Henrique Batista dos Santos trabalha na Speed Garage e tem mais de dez anos de experiência na manutenção de vários tipos de motocicletas: “É preciso ficar atento às especificações da lâmpada e conferir se ela é compatível com a moto”. De acordo com o profissional, “há lâmpadas nos formatos H4, H7, HS1… o consumidor precisa checar no manual do proprietário qual é o modelo correto”, esclarece.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login