Buscando sugestões para:


Mobilidade para quê?

5 dicas para cuidar da moto após uma viagem

Veja o que fazer para dar um trato na sua companheira de duas rodas e evitar problemas quando for sair para a próxima aventura

3 minutos, 16 segundos de leitura

06/04/2022

Antes de estacionar sua moto na garagem, é preciso tomar alguns cuidados especiais. Foto: Divulgação BMW

Após uma longa viagem de férias ou mesmo um passeio de fim de semana, é preciso tomar alguns cuidados importantes antes de guardar sua moto na garagem para evitar problemas quando quiser curtir uma estrada novamente. Deixá-la encostada toda suja e sem cuidados pode causar surpresas desagradáveis na próxima vez em que for sair.

Elaboramos um guia com dicas para cuidar da sua moto enquanto ela tira umas merecidas “férias”. Confira.

1 Comece pela limpeza

A primeira coisa a fazer é uma lavagem completa. Afinal, sal, lama, areia e outras sujeiras acumuladas podem causar corrosão e deteriorar algumas partes de sua motocicleta.

Mas não vale só dar um “tapa”. Lave sua moto na sombra e não use produtos nem esponjas abrasivos: prefira detergente neutro e espumas macias. Não se esqueça de lavar bem as rodas, além da transmissão final (corrente, coroa e pinhão). Para retirar a sujeira mais difícil, use um pincel com cerdas macias embebido em querosene; depois, esfregue com água e sabão e enxágue bem.

2 Atenção à lubrificação

Depois de limpa, ela precisa ser lubrificada com um produto adequado para cada peça. No caso do óleo do motor, se você fez uma viagem muito longa ou por estradas de terra, vale a pena substituí-lo, mesmo que não tenha atingido a quilometragem recomendada. Afinal, as altas rotações na estrada em locais muito quentes ou a poeira podem comprometer a durabilidade do lubrificante.

Fotos: Divulgação Doni Castilho/Infomoto

O sistema de transmissão final, que, em algumas regiões, é chamado de relação final, também merece atenção especial. O ideal, depois de uma viagem, é fazer o ajuste – veja como no manual do proprietário da sua moto – e lubrificar a corrente com um produto adequado para esse fim. Use um lubrificante especial para corrente, encontrado em lojas de motopeças, que tem um fixador e também não acumula resíduos.

OFERTAS 0KM

3 Vá ao posto

Depois de limpa e lubrificada, encha o tanque da moto. Isso porque menos ar no reservatório significa menor chance de a gasolina estragar. Mecânicos indicam gasolina aditivada, uma vez que os aditivos impedem a deterioração do combustível. Aproveite a ida ao posto de serviços para conferir a pressão dos pneus. Como a moto vai ficar parada por algum tempo, os mecânicos aconselham uma calibragem extra, em torno de 5 libras acima do recomendado pelo fabricante, para que os pneus não fiquem quadrados. Para evitar que os pneus apoiados no chão fiquem “marcados”, o ideal é estacionar a moto no cavalete central ou movimentá-la semanalmente.

4 Proteção extra

Mesmo que a sua moto fique estacionada dentro da garagem da sua casa ou prédio, uma capa protetora é recomendada, principalmente, para quem tem cachorro em casa. A urina corrói aros e raios. Se ela ficar ao relento, uma capa de qualidade é obrigatória para protegê-la dos raios diretos do sol, que podem ressecar os plásticos, e também da chuva, que causa corrosão.

5 Não “largue” sua moto

Outro item que sempre dá dor de cabeça aos mais descuidados é a bateria, que pode descarregar após um grande período de inatividade. Para evitar isso, não deixe sua moto largada na garagem. Caso não a utilize diariamente, dê partida e rode alguns quilômetros, pelo menos, uma vez por semana. Afinal, moto foi feita para rodar.

Essa atitude evita que a bateria perca carga e deixe você na mão quando quiser dar aquele passeio de moto com os amigos no final de semana. Se você não conseguir ligar sua moto com frequência, uma alternativa é desconectar o cabo positivo da bateria para que ela não descarregue. Mas, atenção, só faça isso se você souber qual é o cabo positivo. (A.C.)

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login