Voltar
Mobilidade para quê?

Conectividade e interação são tendências na mobilidade

Algumas inovações ainda estão distantes. Outras, no entanto, podem chegar em breve às ruas

Arthur Caldeira

09/03/2021 - 3 minutos, 12 segundos


conectividade
Ao alto, HUD da Panasonic usa inteligência artificial para mostrar informações da via. Acima, painel da Mercedes “aprende” com o motorista. Foto: Divulgação CES

Os avanços tecnológicos hoje caminham juntos com as transformações da mobilidade urbana. Prova disso é a Consumer Electronics Show (CES), que acontece nos Estados Unidos desde 1967. A feira de tecnologia costumava ser palco para apresentação de inovadores produtos eletrônicos, mas se torna cada vez mais uma vitrine de novidades no segmento automotivo e de mobilidade.

A edição deste ano não foi diferente. Realizada entre 11 e 1de janeiro, em formato digital, teve painéis do segmento automotivo, destacando novas tecnologias veiculares, além de veículos autônomos. Algumas inovações são conceitos distantes, mas outras devem, em breve, ganhar as ruas. 


Uma delas vem da Índia e já está rodando no país asiático. Trata-se da scooter elétrica Ather 450X, criada pela startup Ather Energy, de Bangalore. Embora tenha ganhado destaque por seu potente motor elétrico de 6 mil W, capaz de levar a scooter a mais de 80 km/h, a Ather 450X é quase um “smartphone” com duas rodas. 

Decidida a colocar em prática seu conceito de que o futuro da mobilidade é elétrico e conectado, a Ather dotou o 450X com conexão wi-fi e com um cartão 4G, além de Bluetooth. Por meio de um painel touchscreen, com processador Snapdragon Quad Core, o condutor pode ouvir música e gerenciar chamadas telefônicas.
Tudo roda com um sistema operacional Android de código aberto e oferece navegação por meio do Google Maps
. Também é possível fazer o diagnóstico da scooter e acessar outros recursos exclusivos, como atualizações pela nuvem, feita pela rede de dados móveis.

Fotos: Divulgação CES

HUD com realidade aumentada


Os head-up display (HUD) também são a nova tendência dos veículos, sejam autônomos, sejam controlados por seres humanos. Criados nos aviões de caça, os HUD são sistemas que projetam informações em 3D no campo de visão do motorista, evitando assim distrações e trazendo mais informações ao condutor. Na CES 2021, um HUD com realidade aumentada criado pela Panasonic chamou a atenção.

Com tecnologia de Inteligência Artificial e por meio de câmeras, o HUD analisa a via e renderiza grafismos para mostrar informações no campo de visão do motorista. “As soluções em realidade aumentada do novo HUD da Panasonic cobrem mais da estrada, com informações importantes como velocidade e combustível perto da visão do motorista, bem como sobreposições em 3D no campo de visão mais distante, mostrando a navegação e outros dados críticos ao motorista, mapeando espacialmente a estrada à sua frente”, explicou Scott Kirchner, diretor da Panasonic Automotive.
A nova tecnologia também deve proporcionar mais conforto e segurança aos ocupantes dos futuros carros autônomos, acredita o executivo.

conectividade e mobilidade
Scooter da Ather Energy tem sistema operacional Android e navegação pelo Google Maps. Fotos: Divulgação CES

Cérebro digital da Mercedes


A Mercedes-Benz aproveitou a feira para revelar as novas tecnologias que devem equipar o EQS, conceito de sedan elétrico da marca alemã, que deve se tornar realidade neste ano. O modelo trará o MBUX Hyperscreen, um painel digital que promete melhorar a interação entre o carro e o condutor. Visualmente impressionante, o MBUX Hyperscreen é uma interface de 1,41 metro, formada por uma tela curvada que se estende por quase toda a largura do carro. Somada a isso, figura a inteligência artificial com um software capaz de aprender, ou seja, o display e o conceito operacional se adaptam ao usuário e são capazes de oferecer sugestões personalizadas para funções de infoentretenimento, conforto e funcionamento do veículo.
Segundo a fabricante, é o cérebro do veículo, com operação por comando de voz e “radicalmente fácil de operar”.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login