Voltar
Mobilidade para quê?

Inovação para facilitar a vida do passageiro

CCR Metrô Bahia amplia opções de compra de crédito para 3 mil novos postos de venda

26/02/2020 - 3 minutos, 10 segundos


recarga-de-credito-no-metro-bahia
Novas facilidades aprimoram a experiência dos usuários do metrô baiano. Foto: Divulgação CCR.

Os passageiros que utilizam o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas, operado pela CCR Metrô Bahia, ganharam, no final de janeiro, 3 mil pontos credenciados onde podem fazer a compra de créditos para o Cartão de Integração do Metrô.

Agora, os clientes podem adquirir crédito em farmácias, lojas, bares, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais localizados tanto na Capital quanto na Região Metropolitana. Anteriormente as compras eram realizadas apenas nas bilheterias ou nas máquinas de autoatendimento localizadas nas estações.

Praticidade sem taxas

É uma opção que aumenta a praticidade para o cliente e o ajuda a se organizar melhor”, diz o gestor de Arrecadação da CCR Metrô Bahia, Júlio Freitas. “O cliente pode fazer a compra dos créditos perto de sua casa, no caminho para o trabalho, ou numa lanchonete onde toma um café, por exemplo”, completa.

A novidade traz também melhorias significativas para o fluxo de passageiros nas estações, com a redução de filas nas bilheterias e nos terminais de autoatendimento. A ampliação da rede foi possível graças à parceria entre a CCR Metrô Bahia e a RV Tecnologia. Os estabelecimentos credenciados são identificados com cartazes indicando que naquele local a compra pode ser feita. E o site RV Go mostra o ponto de venda mais próximo do usuário, com a respectiva rota de acesso.

A tecnologia de recarga do Cartão de Integração do Metrô é semelhante à utilizada em celulares pré-pagos. Nos pontos credenciados, o usuário pode adquirir de R$ 2 a R$ 100 com pagamento somente em dinheiro, sem qualquer custo adicional. Após a compra, o crédito fica disponível em apenas dois minutos, e o passageiro pode ativá-lo nas máquinas de recarga em qualquer uma das 20 estações de metrô, operação mais simples e rápida do que a compra direta feita nas bilheterias ou nas máquinas de autoatendimento.

Melhorias contínuas

A expectativa é que a rede credenciada passe a responder ainda este ano por 10% do total do crédito adquirido pelos passageiros. Outra novidade é que o sistema passou a alertar o passageiro quando o saldo do cartão fica abaixo de duas tarifas. Ao passar pelo bloqueio, o visor eletrônico mostra o crédito restante no cartão. “Assim o passageiro não é pego de surpresa e tem condições de se planejar e carregar os créditos”, destaca Freitas.

Essas inovações são etapas de um processo contínuo de aprimoramento na prestação de serviços. Há projetos para lançar um aplicativo que possibilitará recargas do Cartão Integração pelo celular, além de outros meios de pagamento baseados em tecnologias, como o QR Code e o NFC.

“É uma opção que aumenta a praticidade para o cliente e o ajuda a se organizar melhor.”

Júlio Freitas, gestor de Arrecadação da CCR Metrô Bahia.

Sistema integrado

A CCR Metrô Bahia, concessionária responsável pela operação e manutenção do metrô na capital baiana, introduziu, desde 2016, um modelo que possibilitou a integração tarifária com outros serviços de transporte público, como os ônibus municipais e metropolitanos e, no futuro, com o VLT, que deverá entrar em operação no ano que vem.

Ou seja, o passageiro paga apenas uma tarifa na integração do metrô com os demais modais de transporte público dentro de um período, conforme as regras da integração. Esse modelo permite também que o cartão emitido por um dos modais seja aceito nos demais, eliminando a necessidade de o passageiro ter diferentes cartões para cada um dos sistemas.

Acesse:

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login