Mobilidade para quê?

Nova NK 150 chega às lojas com preço de R$ 17.597

Montado em Manaus (AM), modelo tem motor injetado de 12 cv, sistema ABS no freio dianteiro e entrada USB para carregar o celular; conheça

2 minutos, 53 segundos de leitura

03/03/2022

Por: Arthur Caldeira

Nova trail urbana vem brigar com Honda NXR 160 Bros e Yamaha XTZ 150 Crosser. Fotos: Divulgação/JTZ Motos

A JTZ Motos apresentou oficialmente a Haojue NK 150 para o mercado brasileiro. A nova trail urbana chega às lojas com preço de R$ 17.597 (sem frete). O modelo tem motor injetado, freio ABS na roda dianteira e painel digital e será vendido em três opções de cores – branca, preta e vermelha.

O preço da nova NK 150 é superior ao das suas principais concorrentes. Afinal, a líder do segmento, a Honda NXR 160 Bros, tem preço sugerido de R$ 15.790 (também sem frete); enquanto a Yamaha XTZ 150 Crosser, modelo mais vendido da marca em 2021, é vendida a partir de R$ 16.190 na versão “S”.

Como é a nova NK 150

Nova NK 150 será vendida nas cores branca, preta e vermelha

A nova NK 150 segue a receita de trail urbana, criada pela Honda Bros, isto é, usa rodas raiadas e pneus de uso misto, como nas motos trail, mas tem aro de 19 polegadas, na dianteira. Diferentemente das motos trail “puro sangue”, como a Honda XRE 300 ou a Yamaha XTZ 150 Lander, que têm aro 21, na frente. Na traseira, a NK 150 tem roda aro 17.

A grande novidade é que o modelo, desenvolvido pela chinesa Haojue, parceria de longa data da Suzuki na China, virá com sistema de freio ABS, porém apenas no disco dianteiro; na traseira, a trail urbana usa freio a tambor.

Já o motor, de um cilindro, 149 cm³ de capacidade, e arrefecimento líquido, será alimentado por injeção eletrônica e usará apenas gasolina. O monocilíndrico produz 12 cv de potência máxima a 8.000 rpm e torque máximo de 1,4 kgf.m a 6.000 giros.

NK 150 terá freio a disco com sistema ABS, na roda dianteira; na traseira, modelo usa freio a tambor

Se o preço é superior às concorrentes, o desempenho não. Comparada com a Bros, que tem motor maior, de 162 cm³ e produz 14,7 cv a 8.500 rpm, quando abastecida com etanol, a nova NK 150 é mais “fraca”.

OFERTAS 0KM

Já a diferença em relação à Crosser, que também usa motor de 149 cm³, é menor. A trail urbana da Yamaha produz 12,4 cv a 7.500 rpm, com etanol.

Entrada USB de série

Apesar de não ser bicombustível e ter um desempenho modesto, a nova Haojue NK 150 traz bons equipamentos como itens de série. A começar pelo painel de LCD, totalmente digital, e bastante completo. Vale destacar ainda a entrada USB, posicionada no guidão, bastante útil para carregar smartphones.

A exemplo de Bros e Crosser, o modelo da marca chinesa também usa sanfonas nas bengalas da suspensão dianteira, para proteger os tubos internos de poeira. Outro equipamento em comum é o bagageiro traseiro, que permite a instalação de um baú.

Cores e garantia

Montada em Manaus (AM) pela JTZ Motos, a NK 150 será vendida nas cores branca, preta e vermelha a partir de maio. A empresa, entretanto, afirma que, já em março, devem chegar às concessionárias Suzuki Haojue a cor vermelha, mas ainda sem o protetor de bengala.

A nova trail urbana terá garantia de dois anos, assim como outras motos da Haojue. Embora seu preço não seja tão competitivo como o esperado, a nova NK 150 tem especificações à altura das concorrentes e deve ser uma alternativa aos modelos de Honda e Yamaha em tempos de produção restrita nas fábricas. O modelo também deve ser menos visado pelos ladrões do que as concorrentes japonesas.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login