Buscando sugestões para:


Inovação

Primeira moto elétrica da Ducati acelera na pista; assista

Vídeo mostra protótipo V21L em ação no circuito de Vallelunga, na Itália; moto elétrica vai disputar a MotoE a partir de 2023

1 minuto, 57 segundos de leitura

18/04/2022

Moto_elétrica_DucatI_na_pista

Desde os primeiros testes, realizados no Circuito de Misano, na Itália, em dezembro de 2021, o desenvolvimento da primeira moto elétrica da Ducati prosseguiu através da análise dos dados coletados, desenvolvimentos técnicos e inúmeros testes realizados internamente e nos principais circuitos europeus.

Batizado de V21L, o protótipo da primeira moto elétrica da fábrica italiana aparece agora em imagens incríveis, acelerando na pista. O modelo será utilizado na Copa do Mundo de motos elétricas, a MotoE.

Testes com a primeira moto elétrica Ducati continuam nas pistas europeias

No vídeo, gravado na pista de Vallelunga, na Itália, a Ducati da MotoE é guiada pelo ex-campeão mundial Alex De Angelis, que participou da edição de 2019 da MotoE e que está familiarizado com as motos elétricas.

De Angelis se juntou oficialmente à equipe de desenvolvimento da fábrica italiana, que entre seus pilotos de teste também pode contar com o experiente Michele Pirro, o primeiro homem a pilotar o protótipo.

OFERTAS 0KM

“Desde que levamos o protótipo da Ducati MotoE para a pista pela primeira vez, o trabalho de desenvolvimento do projeto nunca parou, nem por um momento. Em apenas quatro meses, o nosso protótipo já contornou as curvas de alguns dos principais circuitos italianos, dando respostas positivas. Ainda há muito trabalho a fazer, mas a direção certamente é a certa”, aifrmou Roberto Canè, Diretor de eMobility da Ducati.

O caminho até a fabricante de motocicletas com sede em Bolonha tornar-se fornecedora oficial e exclusiva de motocicletas para a Copa do Mundo MotoE a partir da temporada 2023 está avançando, mas ainda é longo.

Ex-campeão mundial, Alex De Angelis, acelera a Ducati elétrica em Vallelunga, na Itália

O protótipo “V21L” surgiu da colaboração e troca de know-how entre a Ducati Corse, divisão de competições da marca, e a pesquisa e desenvolvimento de produtos para criar uma motocicleta de alto desempenho e leve para uma motocicleta elétrica.

O projeto MotoE é, sem dúvida, um passo importante na história da empresa, pois representa o início da era elétrica da Ducati. Ao longo dos próximos meses, a marca irá compartilhar mais informações sobre a evolução técnica da moto e sobre os passos subsequentes do projeto.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login