Voltar

Conteúdo original Jornal do Carro

Meios de transporte

Teaser confirma retorno da Honda CBR600RR 2021 às ruas

A Honda divulgou o primeiro vídeo que confirma o retorno da esportiva média às ruas após três anos de ausência

José Leme

10/08/2020 - 2 minutos, 30 segundos


Primeira imagem da nova esportiva que será apresentada oficialmente em 21 de agosto. Foto: Divulgação/Honda

Leia mais:
Podcast Delivery #14: Motos ajudam a salvar vidas
Alterações no Código de Trânsito: veja o que muda para motociclistas
Podcast Delivery #12: Como as entregas de moto ajudaram bares e restaurantes durante o isolamento

A Honda sorrateiramente divulgou um teaser e confirmou rumores do retorno da CBR600RR 2021 às ruas. A esportiva média estava fora da maioria dos mercados há três anos. O modelo ainda não tem muitas informações divulgadas, mas claramente aposta no visual da irmã maior, a CBR1000RR-R Fireblade. A apresentação oficial da CBR600RR está marcada para o dia 21 de agosto.

O retorno da 600 é uma surpresa. A expectativa do mercado era ver a categoria “morrer”. As principais fabricantes diziam que produzir uma nova geração de motores de 599 cm³ que atendessem os níveis de emissões de poluentes de Euro 5 tornariam os produtos muito caros, mas parece que a Honda mudou de ideia.

Segundo a Honda, características da nova CBR600RR serão a “alta potência, ciclística ágil e facilidade de pilotar”. A imagem e o vídeo entregam muitas coisas da nova Honda. É possível ver que ela terá uma nova entrada de ar no centro da carenagem, na dianteira. Ali também estão os novos faróis mais finos, de LEDs, praticamente escondidos dentro da carenagem. Diferentemente da CBR1000RR-R Fireblade, a 600 terá asas fixas mais discretas e menores.

OFERTAS 0KM

Honda CBR600RR: chassi e motor não devem ser novos

A imagem do painel de instrumentos de TFT entrega a adição de eletrônica. A nova 600RR terá modos de potência, controles de tração, de wheeling e também de freio motor. Para o pacote robusto de eletrônica, o modelo vai receber uma Unidade de Medição Inercial (IMU) que não estava disponível na geração anterior. Além disso, com a adoção da IMU, outra novidade deve ser o ABS com função cornering, que permite frear com a moto inclinada sem perder a trajetória da curva.

Uma coisa que chamou a atenção tanto no vídeo quanto na imagem são as rodas de liga-leve e a posição de saída do escape, sob o assento do garupa. Isso pode evidenciar que, apesar de apostar em mais eletrônica, a Honda não alterou o chassi e o projeto do motor da 600. Já que os itens são os mesmos da geração anterior. Se houver redução de peso, em relação a anterior, será mínima.

Isso cria um segundo mistério em relação a CBR600RR. Se a adoção de eletrônica e algumas melhorias nos materiais utilizados no motor vão fazer com o que modelo passe nas regras de emissões de poluentes do Euro 5. Vale citar que, para o Brasil (Promot), as leis são bem semelhantes aos Euro 5. Portanto, se o modelo não for homologado na Europa, dificilmente será por aqui. Se assim for, ela pode ficar restrita, de novo, a mercados como EUA e Emirados Árabes, onde ela perdurou por mais tempo.

cbr600rr
Painel digital da nova CBR 600RR indica que a esportiva terá muita eletrônica. Foto: Honda

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login