Voltar

Conteúdo original Jornal do Carro

Mobilidade para quê?

Triumph confirma nova moto naked para 2021; conheça

Fábrica inglesa mostra protótipo da Trident; novo modelo deverá ter preço competitivo, para brigar com Honda CB 650R e Yamaha MT-07

José Leme

27/08/2020 - 3 minutos, 34 segundos


Protótipo foi apresentado no London Design Museum nesta semana, mas deve chegar ao mercado só no ano que vem. Fotos: Triumph/Divulgação

Leia mais:
Podcast Delivery #14: Motos ajudam a salvar vidas
Concessionárias Honda “conectadas” com você
Ducati Panigale V4 S 2020 chega ao Brasil por quase R$ 130 mil

Triumph Trident. Para os mais “versados” na marca britânica, o nome não é uma novidade, já que ele foi utilizado pela empresa no início dos anos 1970. Agora ele retorna para dar vida a um novo modelo na gama da marca inglesa que chega no fim do primeiro semestre de 2021.

Mostrada como um protótipo, a Triumph Trident foi desenvolvida pela equipe da marca na sede da empresa, em Hinckley, na Inglaterra. Porém, ela recebeu no design a ajuda do projetista italiano Rodolfo Frascoli. Ele é especializado em design de motocicletas e já trabalhou, entre outras marcas, com a Ducati, Aprilia e a Yamaha. Também foi o responsável pelo design da Tiger 900, que você pode ler a avaliação aqui.

O protótipo da Triumph Trident é resultado de quatro anos de desenvolvimento e traz o aspecto da Trident original com detalhes e tecnologia modernos e atuais que remetem aos demais modelos da Triumph. Em termos de design é possível ver tudo sobre o futuro modelo, mesmo sem a divulgação oficial.

triumph trident
Painel deve ser mais simples do que outros modelos mais caros da marca inglesa

O estilo da Trident é das primeiras naked, ou seja, de uma moto realmente “pelada”. Sem peças plásticas presas ao tanque, sem molduras protuberantes escondendo o radiador do motor ou laterais que projetam a moto para ficar maior. O básico fica retratado também pelo farol de LED redondo sem carenagem e o painel no mesmo formato. Apesar de simples, terá duas telas de TFT separadas para projetar as informações.

Steve Sargent, chefe de produto da Triumph, disse que a moto “marca o novo capítulo da Triumph, que é sobre diversão, do visual à pilotagem”. Ele completou: “O nosso alvo foi trazer estilo e personalidade, com fácil pilotagem – a um preço realmente competitivo”.

Corte de custos

A empresa não divulgou dados técnicos, mas as imagens revelam alguns detalhes. Com a proposta de ser a naked de entrada da companhia, ela tem suspensão dianteira invertida, mas sem ajustes. Na traseira, apenas ajuste de pré-carga da mola.

OFERTAS 0KM

A marca deve apostar em itens tecnológicos como a Unidade de Medição Inercial (IMU) para poder usar ABS com função curva. Por outro lado, apostou em discos duplos dianteiros com pinças não radiais da Nissin, o que barateia o projeto. Atrás, o disco simples tem apenas um pistão. Apesar disso, o chassi é completamente novo.

O motor será um três cilindros, característica da empresa. Os rumores dão conta que é uma versão atualizada do antigo 675 cm³ que saiu de linha na mudança de geração da Street Triple. Ele deixou de ser produzido ao fim de 2016 por questões de emissões e ruídos.

Foi quando entrou em linha o novo, de 765 cm³, mais potente e moderno, usado também na Moto2, categoria da MotoGP. Na época, o 675 cm³ rendia 106 cv e 6,9 mkgf. Entre as mudanças esperadas ao propulsor estão novos materiais nos cilindros e pistões e novos corpos de acelerador para atingir as regras de emissões.

triumph trident
Protótipo revela linhas arredondadas e mostra quadro completamente novo

Triumph Trident: futuras rivais e história

As rivais diretas da Triumph Trident serão a Honda CB 650R, que aposta em um design retrô moderno também; a Kawasaki Z650, a Yamaha MT-07. As três estão à venda no Brasil. Os preços são de R$ 39.416, R$ 30.990 e R$ 38.990, respectivamente. A Honda usa um quatro cilindros de 88,4 cv, a Kawasaki e a Yamaha apostam em bicilíndricos paralelos. A primeira rende 68 cv e a segunda entrega 74,8 cv. As três têm câmbio de seis velocidades.

Toda a inspiração veio da Trident original, da década de 1970. O projeto surgiu para tentar brigar com as japonesas, que na época invadiam a Europa e também os Estados Unidos. Ela chegou a ser vendida também como BSA Rocket 3. No início dos anos 90, foi revivida, já como parte da reestruturação do que veio a ser a Triumph atualmente. No segundo período usava motores três cilindros de 750 cm³ e 900 cm³.

protótipo triumph trident
Motor da nova moto naked deverá ter três cilindros e 675 cm³ de capacidade

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login