Voltar
Mobilidade para quê?

Sertões 2021: 100% aventura e zero carbono

Sertões anuncia plano para esta edição com foco ainda maior na preservação do meio ambiente

2 minutos, 40 segundos de leitura

22/07/2021

Por: Meg Cotrim

Rally dos Sertões 2021
Até 2025, competição planeja substituir os combustíveis fósseis por energias renováveis. Foto: Divulgação Rally dos Sertões

Em 2021, o Sertões passa a ser Carbono Zero.  Mais do que isso, o maior rally das Américas lançou um plano de metas, pautado pelas melhores práticas de sustentabilidade, que passa a ter um foco ainda maior na preservação do meio ambiente a partir desta edição, marcada para 13 a 22 de agosto, com largada no Rio Grande do Norte. O Sertões sempre manteve um compromisso com o legado social, por meio da SAS Brasil.  Agora, amplia sua missão: até 2025 planeja substituir os combustíveis fósseis por energias renováveis.

O primeiro passo para neutralizar as emissões de carbono foi dado através da parceria inédita firmada com a Moss.earth, empresa 100% brasileira e principal plataforma de compensação de carbono do mundo, que garantirá a neutralização de quase 2.000 toneladas de CO2 emitidas para a edição deste ano. Deste total, metade dos gases são gerados pelo deslocamento aéreo de todos os integrantes da caravana Sertões.  Os créditos de carbono adquiridos pela Moss.earth serão revertidos para projetos na Amazônia.

Na parte técnica, o plano para diminuir as emissões foi escalonado até 2025. Este ano, o Sertões vai contar com uma nova categoria geral para veículos a álcool, com subsídio de 25% de desconto nas inscrições para o Sertões e Sertões Series; e a estreia do 1º. veículo experimental híbrido, um projeto 100% brasileiro – UTV movido a etanol e baterias elétricas -, que está sendo desenvolvido graças à parceria entre a CBMM (Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração) e a Giaffone Racing.

Em 2022, a meta é incorporar subcategorias a álcool; categoria veículo híbrido e o 1º veículo elétrico experimental. Para 2023/2024: competição entre energias renováveis alternativas e o engajamento na categoria álcool. E em 2025 a meta é fazer um rally apenas com veículos com energia renovável: híbrido, elétrico, álcool e combustível sintético.

Ao longo de 28 anos, desde a primeira edição em 1993, o Sertões sempre se preocupou com o impacto da prova. A Equipe Ambiental do Sertões, liderada pelo biólogo com pós graduação em gestão ambiental, Maurício Menella, é a responsável pela gestão de todas as ações que envolvem a prova, dentre elas: coleta seletiva de óleo dos motores dos veículos de competição, gestão de resíduos, recolhimento de peças e rejeitos ao longo da rota (limpa trilha); além da destinação adequada do lixo produzido pelos competidores e organização.

Além das iniciativas da Equipe Ambiental, outras pequenas ações, mas que fazem a diferença, também serão implantadas em 2021: uso de energia limpa nas Vilas Sertões, através de gerador fotovoltaico e gerador movido a biodiesel; logística reversa para reaproveitamento de materiais; diminuição de papel com a implantação de processos digitalizados na Secretaria de Prova.  O Sertões também vai promover a  conscientização, através de palestras e ações que pretendem envolver as populações das cidades por onde o rally passar.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login