Voltar
Mobilidade para quê?

Veloe ajuda a levar arte e alegria às ruas do Rio de Janeiro e de São Paulo

Marca apoia projetos que auxiliam a transformar os deslocamentos diários em grandes cidades em uma experiência mais leve e agradável ao olhar

20/10/2020 - 3 minutos, 42 segundos


Grafites de 18 artistas nacionais formam o museu a céu aberto com 1,5 km de extensão na Avenida Rodrigues Alves, Zona Portuária do Rio de Janeiro. Foto: Douglas Dolbby

Mesmo quando o trânsito não flui tão legal é possível ter um trajeto muito agradável. Duvida? Se na estrada podemos desfrutar da vista das montanhas, lagos, da vegetação e dos animais, na cidade também é possível ter uma experiência interessante com os sentidos graças à arte urbana. 

Leia mais:
Adesivo de pagamento automático: um caminhão de vantagens para quem precisa circular pelas rodovias do País
Veloe está preparada para a nova era dos pagamentos digitais
Rapidez e mais segurança nas estradas

Veloe, unidade de negócios da Alelo especializada no pagamento automático de pedágios e estacionamentos, está presente em várias iniciativas que comprovam que, apesar do trânsito, os percursos podem ser mais leves e harmônicos. 

Mesmo quem não passa pelo local pode interagir com as obras por meio do Instagram. Foto: Douglas Dolbby

A marca é uma das apoiadoras do Rua Walls 2020, um projeto de arte pública, inaugurado em 27 de setembro, na Zona Portuária do Rio de Janeiro, que contempla uma exposição com grafites de 18 artistas. As obras, executadas durante um mês, foram realizadas ao longo de 1,5 km dos muros de prédios antigos da região, na Avenida Rodrigues Alves entre os armazéns 10 e 18, integrando o porto à vida cultural da cidade. 

Criado pela produtora Visionartz, que há mais de dez anos promove ações de revitalização urbana, sempre associadas ao desenvolvimento social por meio da arte, o projeto deixa a Zona Portuária bem mais atrativa e agradável: agora com um verdadeiro museu a céu aberto, promovendo ainda mais a região já reconhecida como importante referência histórica e cultural.

São, no total, 16 murais assinados pelos principais nomes da arte urbana do Brasil. Foto: Douglas Dobby

Muito além do grafite

O Projeto Rua Walls tem o objetivo de impulsionar o crescimento da região para movimentar a economia local, impactada pela pandemia. A iniciativa está em total sintonia com a comunidade, utilizando a arte e a cultura como uma ferramenta de integração sócia: 90% da equipe do projeto é formada por moradores das comunidades próximas do Morro do Pinto e da Providência, que foram capacitados em diversas frentes de trabalho. 

Outras áreas do entorno da avenida também foram beneficiadas pela iniciativa, que incluiu pinturas nas comunidades da Providência, Morro do Pinto e na Escola Municipal General Mitre, além da implementação de uma biblioteca para jovens e a criação da primeira horta orgânica no Morro do Pinto, sustentável em toda sua cadeia e administrada pelos próprios moradores. 

Interação presencial ou no Instagram

Com isso, a pé, de bike, de carro ou de ônibus, mais pessoas estão tendo a oportunidade de conhecer, consumir e admirar as obras que revitalizam a cidade, assinadas pelos principais nomes da arte urbana do País, como Agrade Camís, Amorinha, Bruno Lyfe, Célio, Chica Capeto, Diego Zelota, Doloroes Esos, Flora, Yumi, Igor SRC, Leandro Assis, Luna Bastos, Mariê Balbinot, Marlon Muk, Miguel Afa, Paula Cruz, Thiago Haule, Vinicius Mesquita e Ziza.

Veloe, por meio do Instagram, incentivará a população a interagir com a exposição. Quem passar pelo local poderá escolher entre seis murais com realidade aumentada (RA). Ao apontar o celular para o grafite, uma animação irá aparecer para tirar fotos com as artes. E, para quem está longe, existem 16 filtros (um de cada mural) para que as pessoas possam fazer uma selfie com as artes de fundo.

Saiba mais em: https://www.ruawalls.com

Veloe: sintonia também com a arte

Grafite localizado na Rua da Consolação, 927, em São Paulo. Foto: Ivan Cassone

Desde que nasceu, Veloe tem, entre seus valores, não só facilitar, mas transformar as jornadas e percursos de seus usuários. No ano passado, a empresa fez uma parceria com os artistas da Dionísio.Ag, Pardal e Pomb, para presentear a capital paulista com obras exclusivas grafitadas em edifícios na região central, na Rua da Consolação e no cruzamento da Rua Aurora com Av. Rio Branco.

O projeto foi tão foi uma experiência tão bem-sucedida que a empresa tratou de estendê-la para dentro do próprio escritório. Pardal e Pomb criaram um mural com palavras que os colaboradores usaram para definir Veloe: mobilidade, livre, fácil, fluidez, agilidade, prático, inovação e simples. Assim que a crise do novo coronavírus passar, todos terão um espaço mais criativo, inovador e acolhedor.

Foto: Rafael Araújo

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login