Patrocínio
Resolver

Bateria do carro: sem ela, nada funciona

Alguns hábitos podem contribuir para estender a vida útil do componente

2 minutos, 57 segundos de leitura

22/12/2021

bateria do carro
Foto: Getty Images

Se o motor é o “coração”, a bateria do carro também é um órgão vital. Ela é a responsável por gerar toda a energia necessária para o funcionamento dos sistemas automotivos. Alguns cuidados podem evitar o seu desgaste. 

“Instalar muitos acessórios no carro, como alarmes, puxam ainda mais a corrente elétrica da bateria e isso tende a reduzir seu tempo de duração”, afirma o engenheiro de mecânica automotiva Marco Barreto, coordenador do curso de mecânica automotiva da Pós-Graduação do Centro Universitário da FEI. 

As baterias mais antigas exigiam a reposição de água destilada para deixá-las em ordem. Além disso, se o carro ficasse muito tempo desligado, ela descarregava e o motor não dava a partida. 

“Com as baterias modernas, os automóveis podem ficar dois meses parados sem problemas”, diz Barreto. “Até a produção dos modelos mais simples evoluiu, graças a novos processos químicos na composição interna.” 

Confira algumas recomendações que contribuem para estender a vida útil das baterias:

1. Não gaste a bateria do seu carro

A bateria é muito exigida quando o motorista dá a partida do motor. Para não extrapolar na demanda, não ligue faróis, ar-condicionado e central multimídia antes de fazer o carro funcionar. 

2. Não deixe nada ligado

Ao sair do carro, não se esqueça de desligar todos os sistemas do carro, caso ele não faça esse procedimento automaticamente. “Deixar faróis ou equipamento de som ligados ajuda a descarregar a bateria, impedindo a posterior partida do veículo”, revela o professor da FEI. 

3. Terminais protegidos

A maioria das baterias atuais é instalada nos carros com a proteção dos terminais negativo e positivo. Isso acontece para impedir fuga de carga, faíscas e curto-circuito ao entrar em contato com objetos metálicos ou condutores. 

Caso o seu carro não tenha esses protetores, você pode comprá-los separadamente. “Além disso, mantenha os terminais limpos para evitar oxidação, que pode ser evitada com uma mistura de água e bicarbonato de sódio”, ensina Barreto. 

4. Ligue o motor

Ok, é possível deixar o carro desligado por um período sem danos para a bateria, mas ela foi feita para funcionar regularmente. Mesmo que você não vá dirigir por alguns dias, ligue o veículo ao menos uma vez por semana por alguns minutos. Isso acionará o alternador, que tem a função de recarregar a bateria

5. Cuidado com o alternador

Por falar em alternador, verifique o estado da peça e faça a sua manutenção preventiva. Se ela estiver quebrada, não será possível dar a partida no carro. 

6. Sistema de ignição 

Cuidado com outros itens do carro. “Velas gastas e motor desregulado comprometem a partida do motor e demandam mais energia da bateria, provocando desgaste prematuro”, ressalta o engenheiro. Veja também se a fiação não está com problemas para prevenir fuga de corrente

7. Evite a descarga 

Não deixe a bateria perder totalmente a carga. Se isso ocorrer, a capacidade que ela tem de reter a eletricidade ficará prejudicada. Nesses casos, será necessário um auxiliar de partida externo, vendido em lojas de autopeças.

Também é possível estabelecer uma conexão com a bateria de outro carro, um procedimento conhecido como “chupeta“. 

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

Espaço do patrocinador

Com Você. Sempre.

Conheça mais de nossos produtos.

VER AGORA