Buscando sugestões para:


Logo
Patrocínio
Entender

Sistema antiesmagamento dos vidros ajuda a evitar lesões

Dispositivo impede que os dedos dos ocupantes fiquem preso nas janelas do automóvel

1 minuto, 46 segundos de leitura

06/06/2022

vidro com sistema antiesmagamento
Foto: Getty Images

O sistema “um toque” para abrir e fechar os vidros elétricos facilita a vida de condutores e passageiros. Mas, sem o mecanismo antiesmagamento – que interrompe o movimento quando um obstáculo é detectado -, poderia representar um risco para crianças e adultos menos atentos. 

Essa parada providencial evita dedos presos e até mesmo o enforcamento de um cachorro (ainda que os pets devam sempre estar no banco traseiro, na caixa transportadora ou com o adequado cinto de segurança durante).

Obrigatório no Brasil para automóveis com vidros e tetos solares com fechamento “um toque”, esse mecanismo de segurança assegura que a janela abra no mínimo 20 centímetros caso alguém fique preso, facilitando o resgate. O vidro também pode retornar ao ponto original ou se abrir automaticamente por inteiro.

“Nos carros atuais, também é obrigatório um botão junto aos comandos do motorista capaz de interromper o funcionamento dos controles dos vidros traseiros. Isso ajuda a impedir acidentes com crianças e a possibilidade de lesão por esmagamento”, diz o engenheiro mecânico Cléber Willian Gomes, professor de engenharia automotiva do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana (FEI).

Sensor é ligado ao motor da janela

“Além do recurso antiesmagamento, o acionamento de abertura e fechamento foi aprimorado ao longo dos anos, de forma a evitar que, de forma involuntária, o sistema seja acionado, causando danos aos passageiros”, afirma Gomes. 

O sistema não é complexo: usando um sensor conectado diretamente ao motor elétrico da janela, o dispositivo é programado para “saber” qual é a força necessária no momento de levantar o vidro. “Se alguma coisa estiver no caminho, mais energia será necessária para o sistema fechar a janela”, diz.

Obstáculos nas canaletas dos vidros ou mesmo objetos levemente projetados para fora do veículo podem ativar a proteção

Em alguns modelos, a janela deve ser aberta e fechada completamente quando o mecanismo for acionado. Isso acontece para o sistema reprogramar os parâmetros de funcionamento, já que o sensor precisa “interpretar” as posições do vidro.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

Espaço do patrocinador

Com Você. Sempre.

Conheça mais de nossos produtos.

VER AGORA