Buscando sugestões para:


Logo
Patrocínio
Resolver

Por que a manutenção de carro elétrico é mais barata?

Veículos movidos a bateria têm muito menos componentes e suas revisões são mais simples

2 minutos, 33 segundos de leitura

03/06/2022

manutenção de carro elétrico
Foto: Getty Images

Os carros elétricos já são uma realidade no Brasil. As vendas dos veículos movidos a bateria não são tão expressivas por enquanto, mas crescem ano a ano no mercado nacional. Os preços ainda são elevados em comparação aos automóveis com motor a combustão, em contrapartida, os valores de manutenção de carro elétrico podem ser 50% menores.

“Isso acontece, principalmente, pelo número bem menor de peças do conjunto mecânico e da inexistência de outros componentes”, explica afirma Cléber Willian Gomes, professor de engenharia automotiva do Centro Universitário FEI. “Os carros elétricos têm cerca de 50 partes móveis, contra de 350 a 400 de um convencional.”

Manutenção de carro elétrico é realmente mais barata?

Ter um conjunto motriz menos complexo e com menor quantidade de peças é um fator decisivo para pagar menos na hora da manutenção.

Afinal, o veículo elétrico dispensa itens como velas, correias, filtros de combustível e de óleo, engrenagens de câmbio, bielas e virabrequim, simplificando e barateando a revisão

Um exemplo: o óleo e o filtro de óleo do automóvel com motor a combustão são trocados, em geral, a cada 10 mil quilômetros rodados. Também é preciso verificar itens como vedação do cárter e filtro de combustível. É possível que outros serviços sejam necessários, como verificação ou troca de correia, mangueira de combustível e sistema de embreagem. Nada disso existe em um modelo elétrico. 

Outra vantagem que barateia a manutenção de carro elétrico

quando o motorista tira o pé do acelerador, a velocidade começa a diminuir, em um trabalho de frenagem automático, que ajuda a regenerar a bateria. Assim, o sistema de freio é bem menos exigido e evita o desgaste das pastilhas, componente que leva mais tempo para ser substituído. 

“A revisão do carro elétrico é menos complicada e demorada. Ela inclui a inspeção das portas de carregamento e dos rotores e uma análise sobre o uso da bateria. Pastilhas de freio, fechaduras, filtro de ar-condicionado, suspensão, dobradiças e trincos igualmente são vistoriados”, revela o professor.

O proprietário, porém, precisa estar atento. O cuidado com os veículos elétricos exige investimentos das oficinas, que incluem treinamento e contratação de mão de obra especializada e equipamentos específicos, como carregadores de corrente contínua. 

“Da mesma forma que a manutenção de redes elétricas deve ser feita por profissionais qualificados, seguidores de rígidos procedimentos de segurança, os técnicos dos veículos elétricos precisam estar altamente preparados”, salienta. 

Não é só. Gomes acrescenta que, em muitos Estados do País, os carros movidos a bateria rodam com isenção de Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), reduzindo ainda mais o valor para manter esse tipo de automóvel.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

Espaço do patrocinador

Com Você. Sempre.

Conheça mais de nossos produtos.

VER AGORA