Voltar
Inovação

6 aplicativos que ajudam a enfrentar a pandemia

Carros emprestados para profissionais de saúde em seus deslocamentos a trabalho, viagens gratuitas para quem deseja doar sangue e arrecadação de cestas básicas para comunidades carentes são algumas das ações

Daniela Saragiotto

27/04/2020 - 3 minutos, 0 segundos


app-localiza-postos-de-saude
Foto: Divulgação CittaMobi.

O isolamento social tem sido, até o momento, a melhor alternativa contra o avanço do coronavírus em nossa sociedade. Mas alguns profissionais não têm a opção de ficar em casa: como representantes dos chamados serviços essenciais, eles precisam seguir com suas rotinas e se deslocar até seus locais de trabalho.

Leia mais:
Google lança ferramenta para evitar aglomeração no transporte
Programas de benefícios para motoristas de aplicativos
Melhores aplicativos para saber onde o ônibus está

Para ajudar essas pessoas e a população em geral, seja mapeando unidades de saúde para quem precisa ou mesmo subsidiando viagens para quem quer doar sangue neste momento, muitos aplicativos de mobilidade incorporaram novas funcionalidades e estão colaborando no desafio de enfrentar o coronavírus. Conheça a seguir alguns deles:

1.Turbi: A startup de aluguel de carros por aplicativo está, desde o dia 23 de março, oferecendo vouchers gratuitos para profissionais da área de saúde como médicos, farmacêuticos, enfermeiros, nutricionistas, entre outros, em sua jornada de trabalho na cidade de São Paulo. Como evolução da ação, a empresa passou a disponibilizar alguns carros de sua frota diretamente em unidades de saúde como hospitais, entre outros. Oficialmente a campanha vai até o dia 30 de abril quando a empresa vai avaliar sua continuidade.

2. 99: A 99 está pagando viagens para usuários que querem doar sangue, colaborando com o aumento dos estoques dos hemocentros do País. A campanha vai até o fim deste mês de abril e oferece descontos de até R$ 30 por trecho (ida e volta), com participação das seguintes cidades: São Paulo, Goiânia , Manaus e Curitiba

3. Uber: Para ajudar seus motoristas parceiros, a empresa acaba de anunciar que, até o dia 6 de maio, toda vez que um passageiro der um agradecimento extra em dinheiro a um motorista, a empresa vai contribuir com o mesmo valor. Ela também está oferecendo descontos de R$ 30 por trecho para quem deseja doar sangue em cidades como Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Teresina, Manaus, Belém, Natal, Vitória e Florianópolis.

4. CittaMobi: O app, que faz previsão de horários de chegada de ônibus em tempo real, agora está indicando com pins a localização de unidades de pronto-atendimento (UPA) e de unidades básicas de saúde (UBS) na cidade de São Paulo. É importante reforçar que, embora o aplicativo notifique os usuários da localização dessas unidades em seu trajeto, a empresa segue as determinações da OMS e orienta que somente pessoas que tenham os sintomas de coronavírus devem se dirigir a esses locais, evitando a superlotação do sistema de saúde.

 5. Quicko: O aplicativo, que faz roteirização de trajetos cruzando vários modais e permitindo que os usuários encontrem a melhor alternativa para seus deslocamentos, tem recebido atualizações diárias com mudanças recentes no sistema de transporte público. Alguns exemplos são ônibus com linhas alteradas e estações do Metrô e da CPTM que estão com entradas e saídas secundárias fechadas, entre outras, que facilitam a rotina de quem segue se deslocando com transporte público.

6. Rappi: Em uma ação conjunta com a ONG Gerando Falcões, foi criado um botão para arrecadação de “cestas básicas digitais”, que estão sendo repassadas para comunidades carentes. Em 10 dias, mais de 2.400 pessoas fizeram doações, totalizando mais de R$ 400 mil, o equivalente a 8 mil cestas básicas distribuídas para comunidades de todo o País. A Rappi informa que toda a verba arrecadada é revertida automaticamente para a ONG. Para doar, basta clicar no botão “Doe agora” do aplicativo.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login