Inovação

Crescimento da mobilidade elétrica exige bons profissionais

Diversas instituições de ensino superior têm incorporado disciplinas e cursos para formação de mão de obra qualificada a fim de atuar no segmento

3 minutos, 35 segundos de leitura

18/05/2021

Por: Daniela Saragiotto

Alguns cursos focam em conhecimento técnico, outros em modelos de negócio. Foto: Getty Images

Até bem pouco tempo, o profissional que desejasse aprofundar seus conhecimentos em eletromobilidade contava com raras opções em centros de ensino relevantes. Aos poucos, com o avanço dessa fonte de energia e dos próprios veículos elétricos, a necessidade de capacitação vem transformando esse cenário. Atualmente, existem exemplos em todo o Brasil de instituições que têm ofertado cursos nesse sentido para os mais diversos perfis de profissionais.

Nesse contexto, é importante mencionar a ação da Cooperação Técnica Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável, realizada pela GIZ, que desenvolve a iniciativa Profissionais para Energias do Futuro e a Plataforma Nacional da Mobilidade Elétrica (PNME). Esses projetos reúnem diferentes atores de instituições de ensino superior do País e do setor produtivo, em parceria com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), para discutir e propor disciplinas a serem implementadas nesses cursos. Desde o início deste ano, quatro delas foram incorporadas aos currículos de instituições: “Mobilidade de baixa emissão: eficiência energética e tecnologias de eletrificação veicular”; “Gestão estratégica da eletromobilidade”; “Panorama da eletromobilidade: veículos, infraestrutura e integração com a rede elétrica”; e “Sistemas de armazenamento de energia para mobilidade elétrica: tecnologias e interfaces veículo/infraestrutura”.

Cursos abertos a todos os interessados

Uma dessas instituições é a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que passou a oferecer, neste ano, a disciplina “Panorama da mobilidade elétrica: veículos elétricos, infraestrutura de recarga e integração com a rede elétrica” como pós-graduação na Faculdade de Engenharia Elétrica e Computação. A matéria destaca a eletromobilidade no funcionamento dos veículos, integração com rede elétrica, além de seus impactos energéticos e ambientais.

A mesma instituição inaugurou, em maio, o curso “Mobilidade elétrica: políticas, planejamento e oportunidades de negócio”, oferecido pela Escola de Extensão da Unicamp, organizado pela professora e especialista em mobilidade elétrica Flavia Consoni. “O curso nasceu de um benchmarking no Brasil e em alguns países como Holanda, Alemanha e França. No total, são 40 horas tratando de temas como tecnologia na cadeia de inovação, ecossistema de negócios e políticas públicas”, diz Consoni.

Ela explica ainda que um dos objetivos da extensão, que pode ser cursada por qualquer pessoa – ou seja, graduados em qualquer curso ou mesmo não graduados –, é dar subsídios a quem deseja empreender. “É muito importante fornecer uma visão do ecossistema de inovação, a dinâmica do setor precisa ser entendida. Além disso, falamos de políticas científicas e públicas, o que permite aos participantes enxergarem modelos de negócio”, explica. De acordo com ela, entre os inscritos estão estudantes de diversos cursos de pós-graduação e consultores do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).

Outro exemplo vem do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Federal de Santa Maria (PPGEE – UFSM), que teve, em outubro do ano passado, suas primeiras aulas da disciplina “Electric mobility: electric vehicles, infrastructure and integration with the electricity grid” (“Mobilidade elétrica: veículos elétricos, infraestrutura e integração com a rede”). O curso, que é optativo para os alunos de mestrado e doutorado da instituição, conta com carga de 60 horas e teve todas as suas vagas preenchidas. São, no total, 34 estudantes, 28 homens e 6 mulheres, que formam a primeira turma de uma disciplina sobre mobilidade elétrica da universidade. Neste ano, as aulas começaram em 18/05.

Serviço

Panorama da Mobilidade Elétrica: veículos elétricos, infraestrutura de recarga e integração com a rede elétrica – Disciplina do Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (PPG-FECC) da Unicamp
Pré-inscrição: 12/07 a 10/08/2021, pelo link: https://www.fee.unicamp.br/node/120
Início das aulas: 09/08/2021
Gratuito e 100% online, válido para alunos graduados e que forem aprovados no processo de seleção

Mobilidade Elétrica: Políticas, Planejamento e Oportunidades de Negócio – Curso de Extensão da Unicamp
Período: de 28/05 a 03/07, inscrições pelo link: https://bit.ly/3ofjDoB
Formato: 30 horas online e 10 horas presenciais 
Valor: R$ 850,00.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login