Voltar

Embaixadores

João Oliveira

Diretor-geral da Volvo Car Brasil e presidente da Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa)

Inovação

Hora de promover novos significados ao espaço urbano

Garantir que as cidades sejam sustentáveis é tão importante para o futuro da humanidade que o tema mereceu um capítulo próprio nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da ONU

20/10/2020 - 2 minutos, 48 segundos


Volvo Garden Station reconfigura espaço urbano
Foto: Divulgação

“As cidades são – ou deveriam ser – essencialmente construídas para seus habitantes. Ocupam apenas 3% das terras do nosso planeta. No entanto, segundo o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), são responsáveis por 75% das emissões de carbono. Até 2050, a projeção é de que 70% da população mundial viva em áreas urbanas. Atualmente, já é o caso para 3,5 bilhões de pessoas – metade dos seres humanos.

Nove em cada dez habitantes de áreas urbanas, em 2016, respiravam ar poluído, ou seja, ar que não atendia às diretrizes mínimas de qualidade preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Mais da metade dessas pessoas foi exposta a níveis de poluição do ar pelo menos 2,5 vezes acima do valor de referência. A qualidade do ar piorou, entre 2010 e 2016, para mais de 50% da população mundial e estima-se que cerca de 7 milhões de pessoas morrem todos os anos devido à exposição ao ar poluído.

Garantir que as cidades sejam sustentáveis é tão importante para o futuro da humanidade que o tema mereceu um capítulo próprio nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da ONU.

Espaço de convivência urbano

À luz desse importante tema, para comemorar o Dia Mundial sem Carro, celebrado em 22 de setembro passado, a Volvo Car Brasil transformou um posto de combustível em um espaço de convivência urbano – a Volvo Garden Station.

Localizada em um dos bairros mais icônicos de São Paulo, em Pinheiros, a Volvo Garden Station teve como objetivo discutir como ressignificar espaços urbanos, que, em um futuro dominado por veículos elétricos, poderão servir a diferentes propósitos e se transformar em elementos fundamentais das cidades sustentáveis. Cabe lembrar que, atualmente, apesar dos espaços públicos abertos tornarem as cidades mais inclusivas, muitos residentes não estão a uma curta distância a pé deles.

O objetivo do Dia Mundial sem Carro é promover uma reflexão sobre o uso do automóvel e propor novas formas de se locomover, sem gerar poluição, e permitir olhar para a cidade sob uma nova perspectiva. A Garden Station trouxe um pouco disso com o foco nas pessoas, nos ciclistas, no convívio, no verde e na natureza. Representou o resgate de um espaço-símbolo dos desafios causados pelo uso intensivo de carros e combustíveis fósseis e sua transformação em um local de convivência urbana.

Mobilidade sustentável e segura

A Volvo Cars estimula e incentiva esse debate porque coloca as pessoas no centro de tudo. Acreditamos na liberdade de mobilidade de uma maneira pessoal, sustentável e segura. Por isso, envolvemos nossos consumidores, colaboradores e fãs nesse debate sobre mobilidade. Queremos que os carros sejam cada vez mais eficientes e sustentáveis, gerando o menor impacto possível ao meio ambiente. A Garden Station funcionou de 22 a 27 de setembro e contou com parceiros, como o Mercadão das Flores, que levou pequenos produtores para estimular as vendas de plantas. O espaço também foi palco de debates sobre sustentabilidade e oferecereu ainda workshops para criação de hortas caseiras e espaço Pet Friendly. Ao todo, quatro carregadores elétricos funcionaram durante a ação, um deles permanecerá fixo no posto como legado dessa iniciativa pioneira.”

Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião do Estadão

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login