Buscando sugestões para:


Inovação

Jaguar Land Rover quer acelerar eletrificação no país

Programa global de inovação terá o Brasil como hub para a América Latina

2 minutos, 13 segundos de leitura

27/04/2022

Por: Ju Cabrini

Jaguar Land Rover anuncia parceria com Cubo Itaú e Firjan para acelerar eletrificação. Foto: Divulgação Jaguar Land Rover

A Jaguar Land Rover anunciou em um evento realizado hoje, no Cubo Itaú, a criação de um hub de inovação no Brasil, o Open Innovation. A iniciativa global que vai unir startups, empresas de tecnologia e sustentabilidade para definir territórios de inovação e traçar uma rota de implementação tecnológica para produtos e serviços. Além do Brasil, escolhido como primeiro hub da América Latina, o Open Innovation tem um braço no Reino Unido e terá, futuramente, outros na China, Estados Unidos, Israel e na Índia.

A iniciativa, que contará com a parceria do Cubo Itaú e da Firjan, está baseada no desenvolvimento de trabalhos em seis pilares estratégicos. Além da área de eletrificação, serão consideradas conectividade, serviços digitais, empresa inteligente, manufatura, cadeia de suprimentos e sustentabilidade.

Igor Murakami, diretor de Novos Serviços, Open Innovation e Software da Jaguar Land Rover, conta que o Brasil foi escolhido porque a companhia enxerga muitas oportunidades no mercado local. Entre elas, segundo ele, está o fato de o País estar adiantado em termos de inovação, além de ter recebido investimento recorde em unicórnios (startups avaliadas em mais de US$ 1 bilhão) no ano passado.

Desmistificando a eletromobilidade

Assumidamente uma marca de luxo, que não tem interesse em popularizar seus produtos, no campo da eletrificação, a companhia tem como principal objetivo trabalhar com parceiros para melhorar a oferta de serviços para os usuários.

“O mercado ainda está muito fragmentado. No Reino Unido, por exemplo, são inúmeros os aplicativos e fornecedores de recarga. O usuário precisa ter várias contas, precisa colocar os dados em diferentes apps. Queremos unificar, um só cartão de acesso à recarga, um só app. Se essa tecnologia for desenvolvida no Brasil será exportada para os demais países”, informou Murakami.  

O executivo também acredita que é papel das montadoras é desmistificar o uso do carro elétrico junto ao público e trabalhar em parceria com o governo para viabilizar a mobilidade elétrica. “As empresas devem apresentar as possibilidades, as formas de recarga, mostrar os benefícios, mas precisa que o governo reaja rápido. Não só em relação à infraestrutura, mas também com incentivos. A rede elétrica, por exemplo, precisa estar preparada. Os pontos de recarga precisam ter conveniência. Sem essa intersecção, a matemática nunca vai fechar”, conclui.

O brasileiro Igor Murakami, diretor de Novos Serviços, Open Innovation e Software da Jaguar Land Rover, é responsável pelo projeto global de inovação da marca. Foto: Divulgação Jaguar Land Rover

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login