Buscando sugestões para:


Inovação

Ruas mais seguras com 5G

Mobilidade urbana passará por enorme transformação com nova geração de internet

3 minutos, 16 segundos de leitura

11/05/2022

Por: Daniela Saragiotto

Nova geração de internet irá revolucionar as cidades, pois permitirá a adoção de semáforos inteligentes e monitoramento dos veículos. Foto: Getty Images

Os impactos da implementação da rede 5G nas cidades, prometida para que comece a operar, nas faixas leiloadas, a partir de julho deste ano, pode trazer ganhos importantes para a segurança viária. “O uso de semáforos inteligentes e o monitoramento, em tempo real, dos veículos de transporte público, além do efetivo desenvolvimento de carros autônomos, são tecnologias que irão revolucionar bastante esse campo”, explica Marcio Andrey Teixeira, membro do Instituto dos Engenheiros Eletrônicos e Eletricistas (IEEE), maior organização técnico-profissional global. Esses são apenas alguns dos exemplos de possibilidades que a nova geração de internet abre no campo da mobilidade urbana.

Teixeira lembra que, em novembro de 2021, foram leiloadas as faixas de frequência 700 MHz e 2,3 Ghz, para melhorar a cobertura do atual 4G, e as faixas 3,5 GHz e 26 Ghz, para serem utilizadas pelo 5G. “Isso significa que levará um tempo ainda para o uso do 5G ‘puro’ nas cidades do Brasil, e as proponentes terão, antes, que atender a uma série de compromissos. Entretanto, projetos piloto com a nova geração já são uma realidade no Brasil”, afirma Teixeira.

Um deles acontece em Sorocaba (SP), que será a primeira cidade da região Sudeste do País a receber um sistema de iluminação público equipado com a tecnologia, previsto para início ainda neste primeiro semestre. A medida é resultado de uma parceria entre a prefeitura de Sorocaba e o Ministério das Comunicações, via Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI). Além de aumentar a segurança das vias para pedestres e veículos, sem falhas no fornecimento de energia, a ideia é oferecer, também, acesso à internet de alta velocidade para pessoas e empresas.

Visões de futuro

Para Cláudia de Moraes, especialista em tecnologia para educação digital e CEO da Younder, edtech com plataforma de educação para o trânsito, uma grande transformação será o uso dos dados do comportamento dos condutores para a prevenção de sinistros. “Cidades inteligentes hiperconectadas e nova geração de veículos são realidades que só acontecerão com a disponibilidade da tecnologia 5G. Por meio dela, cada veículo, motorista, pedestre e ciclista poderá ser um hub gerador de informações, que, com a inteligência artificial, permitirá prever acidentes antes que eles aconteçam e preservar vidas”, afirma Moraes.

Para Paula Faria, CEO da Necta e idealizadora do Connected Smart Cities e Mobility, um aspecto importante é que o 5G viabiliza a implementação de novas tecnologias embarcadas em metrôs, trens, ônibus e carros. “Isso possibilita a conexão do ecossistema de transporte urbano por meio de inteligência artificial, o que facilitará a utilização dos veículos autônomos, elétricos e compartilhados de forma automatizada, permitindo, ainda, o controle de velocidade, semáforos, economia de energia e, principalmente, redução de congestionamentos”, diz.

Nesse sentido, há também outro ganho fundamental para a segurança. “A utilização dos veículos autônomos de forma compartilhada permite reduzir os acidentes consideravelmente, já que a interação entre os automóveis com outros dispositivos facilita resposta imediata do veículo”, finaliza Paula.

Saiba mais sobre a nova tecnologia

  • Enquanto a cobertura da rede 4G é de 5 a 10 quilômetros, a da 5G atinge 50 quilômetros de distância, de acordo com dados do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel)
  • Três características diferenciam a 5G das antigas gerações: velocidade maior para se conectar com aparelhos; baixa latência, ou o tempo de resposta entre um comando e o resultado do dispositivo; e, por fim, a capacidade de conectar uma quantidade maior de gadgets em uma única antena
  • Pelo leilão de novembro de 2021, as dez ganhadoras se comprometeram em atender, com o 5G, a 100% dos municípios com população igual ou superior a 30 mil habitantes, até 2029.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login