Voltar
Inovação

Viajar a trabalho ficou mais fácil e econômico

Ainda em fase piloto, empresa lança solução móbile que integra toda a gestão de transportes entre outros gastos com deslocamentos corporativos

Daniela Saragiotto

30/10/2020 - 3 minutos, 3 segundos


comodidade para quem precisa viajar a trabalho

Quem tem o costume de viajar a trabalho sabe o quanto é complexo planejar todos os deslocamentos do usuário, do momento em que ele sai de casa até o retorno. E a viagem não termina quando a pessoa chega a sua residência: muitas empresas ainda trabalham com relatórios de despesa, tarefa que toma tempo e é desgastante para todos os envolvidos.

Leia mais:
Uso de dados a favor da mobilidade, das cidades e da economia
Melhores aplicativos para saber onde o ônibus está
Crescer em tempos de pandemia é o “novo normal”

Pensando em facilitar esse gerenciamento, a VOLL, empresa de tecnologia voltada para gestão corporativa, está lançando uma plataforma que centraliza todos os serviços de transporte e viagens corporativas em uma única solução mobile, o que, com certeza, trará benefícios para quando as movimentações de quem precisa viajar a trabalho voltarem a crescer no ritmo que ocorriam pré-pandemia.

A novidade, ainda em fase piloto e prevista para ser lançada oficialmente em novembro, inclui deslocamentos terrestres, aéreos, hospedagem, alimentação, entre outros serviços que o colaborador possa necessitar durante uma viagem corporativa. “Basta que a empresa envie um briefing que a VOLL faz todo o mapeamento dos deslocamentos e demais serviços, de acordo com as exigências, regras de compliance, entre outras necessidades do cliente”, diz Jordana Souza, chief revenue officer (CRO) da empresa.

De acordo com Luciano Brandão, um dos fundadores da start-up, será possível planejar uma viagem completa entre a Avenida Paulista e a Times Square, por exemplo. “Mapear a jornada de ponta a ponta, com operação e gestão digitais, permite mais eficiência e uma consequente redução dos gastos da empresa com esses deslocamentos”, explica o CEO da empresa. Para isso, contam com diversos parceiros integrados na plataforma, como aplicativos de transporte, alimentação e viagem.

Experiência do usuário é um fator essencial para quem precisa viajar a trabalho

Criada em 2017, a VOLL nasceu como um marketplace de mobilidade, integrando diversos aplicativos de transporte e outros que não se conectavam entre si. A ideia para o conceito do novo produto surgiu neste ano, durante a pandemia da covid-19, quando a empresa recebeu seu primeiro aporte, no valor de R$ 4 milhões, em uma rodada de investimento da Wayra e da Iporanga Ventures. 

De acordo com a CRO da empresa, os investimentos da empresa estão concentrados no desenvolvimento da plataforma e em contratações. “Apenas em agosto, nosso crescimento foi de 38% e, no último trimestre, de 60%”, diz. Ela explica que a solução tem foco na experiência de quem viaja. “De maneira geral, as empresas buscam redução de custos em todas as reservas para seus funcionários, como no valor da passagem aérea, hospedagem, deslocamentos, entre outros. E isso acaba revertendo em viagens cansativas”, explica. A plataforma foi desenvolvida para mudar esse cenário. “Centralizamos todos os serviços. Por isso, podemos ver todas as oportunidades, como melhores serviços e preços dentro da jornada do viajante corporativo”, afirma Jordana Souza.

Luciano Brandão ressalta que a proposta da VOLL é ajudar as empresas a gerir seus custos de forma otimizada, totalmente digitalizada e móbile. “Por trás de toda facilidade para o colaborador, existe um robusto app center (VOLL Store) em que o cliente faz a autogestão de seus fornecedores com transparência. É possível, ainda, que a empresa compare as tarifas corporativas com oportunidades de mercado – para viagens aéreas, hospedagem e transporte terrestre. Por exemplo, por que não fazer uma reserva no Booking.com, quando a tarifa for menor que a negociada pela empresa?”, reforça Brandão. Atualmente, a VOLL possui em torno de 250 clientes, empresas como Vivo/Telefónica, Sodexo, Itaú Unibanco, McDonald’s, Cargill, PepsiCo, Cielo, entre outras.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login