Buscando sugestões para:


Logo
Patrocínio
Manter

Cuide bem das chaves do carro

Cada vez mais modernas, elas não se limitam mais a abrir as portas e dar a partida no motor

2 minutos, 18 segundos de leitura

09/05/2022

Foto: Getty Images

Houve um tempo, acredite, em que era possível até ligar o motor de um carro usando um pedaço de arame, prego e alguma malícia. Mas, felizmente, isso é coisa do passado. Atualmente, as chaves dos automóveis estão cada vez mais modernas e “inteligentes”.

Dependendo do modelo, é possível não só destravar portas, mas até acionar o ar-condicionado ou abrir o porta-malas à distância, praticidade bem-vinda quando se está carregando várias sacolas, por exemplo. Esses recursos, contudo, ainda estão restritos a modelos mais requintados.

O que todo veículo nacional – mesmo os mais acessíveis – já possui é a chamada chave codificada. Por meio de um chip embutido (chamado transponder), ela se comunica com a central eletrônica do carro assim que é inserida no contato. Se a central reconhecê-la, o funcionamento é liberado e o motor funciona. Caso contrário, uma luz no quadro de instrumentos indicará um problema, impedindo a partida.

“Cada chave possui um número de série, que identifica a qual carro ela pertence”, explica Ricardo Dilser, assessor técnico da Stellantis. “Então, se houver algum problema, a recomendação é procurar uma concessionária, que pedirá uma nova chave à fábrica.”

Atenção para não danificar

Quando adquire um carro novo, o proprietário recebe um par de chaves e um número (que pode estar em uma etiqueta ou plaqueta). É recomendável guardar esse número em local seguro – de preferência, com a chave reserva – para encomendar um novo item se for preciso.

Detalhe importante: o transponder é embutido na chave e projetado para funcionar por muito tempo sem necessidade de manutenção. Mesmo assim, ele requer cuidados. Evite expor a chave à umidade, impactos e fontes de eletricidade estática, por exemplo, pois tudo isso pode diminuir a durabilidade do equipamento.

Outra recomendação é para quem possui outros veículos ou equipamentos com sistemas de imobilização similares.

Evite deixar as chaves juntas, pois isso pode interferir na leitura do transponder pela central eletrônica do carro, impedindo a partida ou, pior, interrompendo o seu funcionamento logo em seguida.

Pelo mesmo motivo, evite aproximação com peças de metal se usar chaveiros. Itens metálicos também podem interferir na transmissão do sinal. Lembre-se também de que chaveiros muito pesados podem danificar o miolo da ignição (onde vai a chave) com o tempo.

No caso de chaves que possuem sistema de acionamento das travas à distância, o cuidado deve ser ainda maior, já que elas contam com um transmissor eletrônico e o transponder. Evite molhar ou deixar a chave sob sol forte durante muito tempo, e as mantenha distantes do celular para impedir interferência indevida.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

Espaço do patrocinador

Com Você. Sempre.

Conheça mais de nossos produtos.

VER AGORA