Buscando sugestões para:


Meios de transporte

Ciclovia dos Bandeirantes, a maior ciclovia do Brasil será em SP

A partir de agora, o projeto passará por análises técnicas e demais trâmites que possibilitem o início das obras

1 minuto, 55 segundos de leitura

11/03/2022

Por: José Guilherme Taveira

ciclovia bandeirantes
A execução das obras ficará a cargo da concessionária CCR AutoBAn. Foto: Divulgação

O Governo do Estado de São Paulo lançou nesta quinta-feira, 10, o projeto da primeira ciclovia de longa distância em rodovia no Brasil, a Ciclovia dos Bandeirantes, na Rodovia dos Bandeirantes. Localizada entre São Paulo e Itupeva, a nova ciclovia ligará a capital paulista ao recém-lançado Distrito Turístico Serra Azul, com aproximadamente 57 quilômetros de extensão (é quilômetro para ninguém colocar defeito!).  A execução das obras ficará a cargo da concessionária CCR AutoBAn, integrante do Programa de Concessões Rodoviárias, sob regulação da ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo.  

Objetivo da Ciclovia dos Bandeirantes

O objetivo da iniciativa é melhorar a mobilidade entre a Região Metropolitana de São Paulo, Região Metropolitana de Jundiaí e demais municípios às margens das rodovias Bandeirantes e Anhanguera, permitindo a utilização – com melhores condições de segurança – da bicicleta em deslocamentos de trabalho, esporte, lazer e turismo.  

Sobre o trecho da ciclovia e segurança

Lembrando, serão 57km. Neste trecho da SP-348, o projeto funcional prevê a construção de uma ciclovia totalmente segregada da rodovia – entre os quilômetros 13+800 e 71km da Rodovia dos Bandeirantes (Shopping Serra Azul), em trechos do canteiro central e do gramado lateral. As intervenções incluem novos elementos de segurança, acesso controlado de entrada e saída, pontos de apoio, barreiras rígidas e novas sinalizações, horizontal e vertical. O valor estimado apresentado pelo projeto funcional chega a R$ 219 milhões.

O projeto

O projeto prevê ainda a instalação de seis passarelas para transposição na rodovia – que permitirão que o ciclista possa acessar a ciclovia sem a necessidade de atravessar a rodovia. Também serão viabilizados sete pontos de apoio, inclusive com acesso aos postos de serviços, e a nova sinalização de alerta aos usuários.

“Toda a estrutura está sendo pensada para incentivar o deslocamento por bicicleta, seja para o turismo, lazer ou trabalho. vamos proporcionar aos ciclistas mais segurança e conforto durante as viagens.”

João Octaviano Machado Neto – Secretário estadual de Logística e Transportes.

Confira o vídeo completo sobre o projeto da nova Ciclovia dos Bandeirantes

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login