Voltar

Embaixadores

Carlos Mira

Fundador e CEO do TruckPad, maior plataforma de conexão entre caminhoneiros e cargas da América Latina. Foi presidente da Associação Brasileira de Logística (Aslog) e é autor do livro Logística, o Último Rincão do Marketing.

Meios de transporte

Startups de modernização do setor logístico: oportunidade ou ameaça

Empreender hoje é um esporte nacional. Praticamente, nenhum aluno universitário quer mais se formar para se tornar executivo em uma grande empresa

23/03/2020 - 2 minutos, 45 segundos


app-truckpad
Aplicativo TruckPad: modernização do setor. Foto: Divulgação.

A palavra empreendedorismo apenas recentemente entrou de fato no vocabulário dos executivos brasileiros. Há 15 ou 20 anos, ela era usada somente em raros casos nos quais um empresário conseguia ter sucesso no mundo dos negócios. Mas esse termo, hoje, define uma metodologia científica e técnica para descobrir novos modelos de negócios e para se criar soluções inovadoras em todos os setores da economia.

Empreendedores visionários que se apoderam das mais recentes tecnologias, aliadas a muito estudo e perseverança, criam novas empresas destinadas a “destroçar” as companhias tradicionais. Aí, surgem as startups – empresas que buscam um modelo de negócio repetível e escalável e que trabalham bem em condições de extrema incerteza.

Parcerias com startups

O setor de transporte e logística sempre assistiu passivamente aos grandes provedores de tecnologia trazerem seus inventos. No entanto, o advento das novas tecnologias de mobilidade providas pelos smartphones não se concentra em grandes fornecedores.

O momento sugere que as corporações estabelecidas criem um canal dinâmico para o relacionamento com as startups no seu segmento. Essa é a fórmula contemporânea para se atualizar tecnologicamente uma empresa tradicional: fazer parcerias com as startups. Prove do novo conceito. Não tenha vergonha de errar e erre rápido. Se não funcionar, parta pra próxima possibilidade. Isso porque as novas ferramentas de mobilidade e comunicação instantânea providas por um “telefone celular inteligente” têm se dado por meio de milhares de startups espalhadas pelo mundo – que estão criando modelos de negócios “disruptivos” em toda parte.

Eliminando intermediários

No passado, respeitadas eram as grandes corporações que poderiam entrar no Brasil, consolidar o espaço e dominar o mercado. Hoje, temidas deveriam ser as startups que, como um enxame de abelhas, estão atacando por toda parte, criando modelos de negócios que eliminam atravessadores e inventando novas e surpreendentes experiências aos seus usuários.

Do outro lado da mesa estão os contratantes de fretes e de serviços de logística, pressionados por seus consumidores para que criem novas e melhores experiências de compra e de atendimento. Nesse contexto, serão raros as transportadoras e os operadores logísticos tradicionais que terão sapiência para matar o seu atual modelo de negócios e para criar novas soluções para a prestação de seus serviços, objetivando assim continuar existindo e acompanhar o processo de transformação digital radical ao qual a indústria e o comércio estão atualmente se submetendo.

Uberize-se ou seja Kodakeado

No meio do transporte rodoviário, o TruckPad mira diariamente causar disrupção real no setor, eliminando intermediários e nos consolidando como solução tecnológica para o dia a dia do caminhoneiro autônomo e das transportadoras. Outras grandes empresas que surgiram como aplicativos, como Loggi e Rappi, cuidam do last mile, enquanto há ainda as que revolucionam a mobilidade urbana, como Uber e 99.

Empreender hoje é um esporte nacional. Praticamente, nenhum aluno universitário quer mais se formar para se tornar executivo em uma grande empresa. Preferem até deixar os bancos universitários e partir para o “maravilhoso mundo da criação de valor e da incerteza comercial”. A dica é: uberize-se ou seja kodakeado!

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login