Mobilidade para quê?

Nova Yamaha Crosser 150 ganha farol de LED, painel digital e tomada 12V; conheça

Nova geração da trail urbana chega às lojas no final de abril; preços partem de R$ 16.590, para a versão “S”, mais urbana; e de R$ 16.790, para a versão “Z”, mais aventureira

2 minutos, 53 segundos de leitura

11/04/2022

Por: Arthur Caldeira

nova-yamaha-crosser-150-azul
Modelo 2023 da nova Yamaha Crosser 150 tem conjunto óptico ousado, com luzes de posição e projetos de LED. Fotos: Divulgação/Yamaha

Modelo mais vendido da Yamaha em 2021, a XTZ 150 Crosser recebeu melhorias no modelo que a marca já chama de 2023. A nova Yamaha Crosser 150 ganhou farol de LED, um inédito painel digital com tomada 12V. A trail urbana de 150 cc ainda recebeu uma nova lanterna traseira, também de LEDs, além de cores e grafismos renovados.

farol_LED_nova_crosser
Conjunto óptico da nova Crosser tem luzes de posição e projetor de LED

Assim como a geração anterior, a nova Yamaha Crosser 150 está disponível em duas versões, S e Z. A versão S traz um estilo mais urbano, com o para-lama baixo, próximo ao pneu e motor com acabamento em preto fosco, reforçando a pegada mais urbana da moto – vale destacar que a S agora também traz sanfona para proteger a bengala. Já a versão Z traz inspiração do universo off-road, com para-lama mais alto, que garante um visual mais aventureiro.

As versões S e Z da nova Yamaha Crosser 150 chegam às concessionárias da marca no final de abril com garantia de três anos. A Crosser 150 S tem preço sugerido de R$ 16.590,00 – e R$ 17.160 para o Estado de São Paulo. Já a versão Z, com para-lama alto, o preço sugerido é de R$ 16.790,00 – e R$ 17.368,00 para o Estado de São Paulo.

Nova Crosser tem projetor de LED

O grande destaque da nova Crosser é o conjunto óptico com luzes de posição e projetor de LED, muito mais eficiente que o farol do modelo anterior. O projetor tem maior amplitude e potência de iluminação, tornando a condução noturna mais segura, além de oferecer maior durabilidade e menor consumo energético. Outra novidade é o design da lanterna em LED.

painel-nova-crosser
Painel mudou e agora é totalmente digital. Destaque para a tomada 12V de série

Do ponto de vista prático, chama a atenção o novo painel totalmente digital do tipo blackout, que facilita a leitura tanto na pilotagem diurna quanto noturna. Além de velocímetro, conta-giros, marcador de combustível e hodômetros, traz ainda um útil indicar de marche engatada.

Outro diferencial do novo painel é a função ECO, ideal para quem busca diminuir ainda mais os gastos com combustível. Ela indica o momento de pilotagem em que o consumo é menor, auxiliando em uma condução mais econômica.

OFERTAS 0KM

Mecânica e ciclística sem novidades

Apesar das mudanças visuais, a nova Yamaha Crosser 150 não traz novidades na parte mecânica e ciclística. A trail usa motor de um cilindro, arrefecido a ar, com 149 cm³. Bicombustível, o monocilíndrico produz 12,2 cv de potência máxima quando abastecido com gasolina, e 12,4 cv com etanol. O câmbio tem cinco marchas e a transmissão final é feita por corrente.

Lanterna traseira da Yamaha Crosser 150 tem novo desenho e também usa LEDs

Na parte ciclística, a Crosser usa a receita de trail urbana com rodas aro 19, na dianteira, e 17, na traseira. A novidade é a adoção dos pneus Levorin Dual Sport, nas medidas 90/90-19, na frente, e 110/90-17, atrás.

Versão “S” da nova Yamaha Crosser 150 agora vem com sanfona para proteger a bengala

Outro diferencial da Crosser, perante às concorrentes, Honda Bros 160 e Haojue NK 150, é o sistema de freios. A trail da Yamaha usa disco nas duas rodas, que oferece frenagens mais eficientes, e com sistema ABS, na dianteira.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login