Buscando sugestões para:


Mobilidade com segurança

Maio Amarelo: a importância da segurança no trânsito

Como a tecnologia pode ser uma aliada na segurança de motoristas e pedestres

2 minutos, 25 segundos de leitura

26/05/2022

Com a facilidade no monitoramento em tempo real, os mapas de navegação apoiam uma direção segura no veículo. Foto: Getty Images

Maio, antigamente, era conhecido apenas por ser o mês das noivas, mas de uns anos para cá, o cenário mudou e o mês passou a ser também conhecido como época de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de acidentes e mortes no trânsito em todo o mundo. Dados da Organização Mundial da Saúde, mostram que, em média, 1 milhão e 350 mil vidas são perdidas, anualmente, nas estradas. E esta já é a maior causa de morte de pessoas de 5 a 29 anos no mundo. 

Apesar do Código de Trânsito Brasileiro ser um dos mais rigorosos do mundo em termos de legislação, o Brasil tem altos índices de acidentes de trânsito. A maioria deles é causados pela falta de atenção dos condutores, excesso de velocidade, ingestão de álcool, uso do celular, falta de manutenção no veículo e muitas outras imprudências que podem resultar em graves acidentes. 

O motorista negligente, além de colocar em risco a sua própria vida, pode afetar outras pessoas — dentro e fora do veículo. É claro que acidentes acontecem, mas, hoje em dia, é quase inadmissível que alguns continuem frequentes como é o caso de ingestão de bebida e direção. Os apps de carona e transporte particular são acessíveis para que as pessoas possam se divertir e não se preocupar com a volta para casa. 

Menos acidentes com crianças

O uso do cinto de segurança não é só no banco da frente, mas também no assento traseiro. Estudo da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet) mostra que o cinto de segurança no banco traseiro reduz o risco de morte em 75%. Além disso, o transporte de crianças na cadeirinha apropriada também é muito importante até mesmo nos deslocamentos curtos e rápidos. No Brasil, o número de acidentes fatais com crianças caiu 12,5% desde que o uso do item se tornou obrigatório, em 2008. 

Outro detalhe importante, é como a tecnologia pode ser uma aliada na segurança de motoristas e pedestres. Com a facilidade no monitoramento em tempo real, os mapas de navegação apoiam uma direção segura no veículo e fora dele por meio de um ecossistema inteligente que compartilha alertas instantâneos de mobilidade, como é o caso do Waze. Tornando as rodovias e vias públicas mais seguras e prevenindo outros acidentes. 

Por fim, falar de mobilidade é importantíssimo na educação fundamental, porque é a partir dos menores que teremos melhores condutores, pedestres e passageiros no futuro. Não podemos esperar que eles cheguem à maioridade, nas autoescolas para ensiná-los. Assim como é preciso também reciclar nossos motoristas que estão no trânsito e não têm consciência. Dirigir é um direito individual, mas é também um ato  coletivo.

Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião do Estadão

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login