Buscando sugestões para:


Patrocinio Dunlop Patrocinio Dunlop
Mobilidade para quê?

10 dicas para andar de bicicleta com seu cachorro

Tanto cães grandes quanto pequenos podem seguir nesta aventura com o dono

3 minutos, 47 segundos de leitura

25/06/2022

Por: Redação Mobilidade

Opções são levar o cachorro em um suporte ou pedalar lado a lado com o pet. Foto: Getty Images.

Já pensou em colocar seu cachorro na bicicleta e sair passeando por aí? Em geral, tanto cães grandes quanto os pequenos podem se aventurar de bike com o dono. Contudo, é preciso tomar alguns cuidados. Afinal, andar de bicicleta é um esporte e precisa de preparo.

Em primeiro lugar, você deve decidir se quer passear com seu cachorro na bicicleta ou se prefere que ele corra ao lado da bike. Assim, o próximo passo é preparar os itens de segurança para este passeio.

Quando o cachorro vai na bicicleta

Se o seu cachorro é pequeno ou não gosta muito de correr, a melhor opção é colocá-lo na bicicleta. Para isso, você terá que ter certeza de que ele está seguro e não vai cair ou se machucar.

Saiba o que checar antes de iniciar o passeio:

1 – Encontre um suporte adequado

Nunca coloque seu cachorro direto na bicicleta. Afinal, não há apoio seguro para um cão em uma bike e ele pode cair.

A melhor alternativa é comprar uma cesta, uma caixa de transporte ou um compartimento próprio para isso. Além disso, você deve verificar se o cachorro está bem fixo e não vai pular para fora caso se assuste.

Mas o cachorro também não pode ficar sem espaço. Então, a caixa deve ser maior do que o tamanho do pet, para que ele consiga se mover com conforto.

2 – Acostume seu cão

Não coloque o cachorro na bicicleta de uma vez e saia pedalando. Primeiro, deixe o cãozinho perto da bike, para que ele se acostume.

Depois, percorra uma distância curta. Dessa forma, o pet vai entender que está tudo bem e que a bike não oferece um risco.

3 – Leve água e comida

Se o cachorro vai ficar parado enquanto você pedala, é possível que ele sinta tédio. Além disso, ele pode ter fome e sede.

Por isso, você não pode esquecer de levar água e comida para ele. Um brinquedo ou o cobertor favorito também são boas opções para levar para um passeio.

4 – Pare de vez em quando

Mesmo que o cachorro não esteja correndo ao lado da bicicleta, ele pode se cansar de ficar na mesma posição. Portanto, sempre faça paradas para ele andar um pouco na rua.

Também é possível que ele precise fazer xixi ou cocô. Para estes casos, você deve sempre carregar um saquinho para limpar a sujeira.

5 – Vá devagar

Mesmo depois que seu cão estiver acostumado, pedale devagar. Afinal, a velocidade pode ser um perigo para o animal. Além de assustá-lo, em caso de acidente ele pode se machucar com gravidade.

Quando o cachorro vai ao lado da bicicleta

Outra opção para passear com o cachorro na bicicleta é deixá-lo correr ao lado. Nestes casos, o pet vai amarrado, para maior segurança.

Confira as dicas para esse tipo de passeio:

1 – Compre um arnês

Trata-se de um peitoral de segurança para prender o cachorro de forma mais segura. Assim, ele não se machuca com a coleira e você não sente o impacto dos puxões enquanto pedala.

2 – Procure o veterinário

Correr ao lado de uma bike é um grande exercício para seu cão. Então, não se esqueça de checar se está tudo bem com a saúde dele.

Além disso, você deve seguir todas as recomendações oferecidas. Os principais cuidados são com as patinhas direto no asfalto, com a intensidade do exercício e formas de evitar lesões nas articulações.

3 – Não se esqueça da água, mas não dê comida

Quando o cachorro está fazendo muito exercício, ele precisa beber água. Contudo, não se pode dar comida para ele. O ideal é esperar uma hora após a corrida.

4 – Não force

Sempre fique de olho para ver se o seu cachorro não está cansado. Se ele não estiver acompanhando o ritmo, não force e volte para casa devagar.

5 – Cuidado com o trânsito

Em geral, o cachorro deve ficar do lado direito da bicicleta para se proteger do trânsito. Além disso, sempre calcule se é possível passar com a bike e o cão do lado.

Assim, você deve evitar passar por corredores ou locais estreitos. No caso de uma ciclovia, tenha certeza de que o cachorro vai conseguir ficar para o lado de fora, para evitar acidentes com outras bikes.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login