Buscando sugestões para:


Logo
Patrocínio
Resolver

Como transportar o seu pet no carro com segurança

Os bichinhos de estimação merecem cuidados especiais durante um passeio ou uma viagem de automóvel

2 minutos, 28 segundos de leitura

06/06/2022

transportar pet
Foto: Getty Images

Ao fazer uma viagem ou um passeio, muitas famílias não abrem mão de levar também seu animal de estimação, os chamados pets. Mas não basta só colocá-los dentro do carro. Existem recomendações importantes para manter a segurança do bichinho.  

“O artigo 235 do Código de Trânsito Brasileiro possui determinações para o transporte de animais e, além da lei, vale a aplicação de alguns cuidados, tanto com a segurança dos pets quanto a do motorista e dos passageiros”, destaca o engenheiro mecânico Cléber Willian Gomes, professor de engenharia automotiva do Centro Universitário da Fundação Educacional Inaciana (FEI).

Ele explica que quando os estudos de segurança veicular são realizados, uma das principais preocupações é verificar qual o efeito de uma colisão sobre os ocupantes e, seguindo o mesmo raciocínio, é preciso avaliar também a segurança dos pets.

“Que seja uma pessoa ou um animalzinho: em uma batida, os corpos são projetados dentro do carro. É grande o risco de uma lesão grave por causa da desaceleração, e o cinto de segurança é vital para proteger a todos”, diz. “O pet também precisa estar preso pelo cinto ou em uma caixa de transporte, para limitar seu deslocamento.”

O que motorista ou passageiro jamais deve fazer é levar o pet no colo, ainda mais com parte do corpo para fora da janela: “Além de ser perigoso para o animal de estimação, essa atitude compromete a atenção e os reflexos de quem está ao volante”, argumenta o professor.

Confira algumas dicas para viajar de carro com seu pet

1 – Cinto de segurança para animais

Não deixe nem mesmo um pet obediente solto durante o trajeto. Ele pode tirar a atenção de quem dirige e também provocar uma multa. Assim, use o cinto de segurança desenvolvido especialmente para os pets. O equipamento funciona como um extensor, pois é fixado no fecho do cinto do carro e ao peitoral do seu animal de estimação. Para os gatos, as caixas transportadoras são mais confortáveis e seguras. 

2 – Lugar de pet é no banco de trás

No banco traseiro do carro, o animal estará mais seguro. Outra providência que o deixará tranquilo e confortável é colocar a caminha dele no assento do automóvel. 

3 – Temperatura nem quente nem fria

Seu pet poderá ficar incomodado e espirrando se a temperatura no interior do veículo estiver muito baixa. Portanto, ajuste o ar-condicionado de modo a manter o clima ameno. 

4 – Janela do carro sempre fechada

Se não bastasse a questão da segurança, permitir que os cachorros fiquem com a cabeça para fora da janela pode provocar dor de ouvido e irritação nos olhos dele. Dessa forma, mantenha-o no banco de trás com os vidros fechados

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login

Espaço do patrocinador

Com Você. Sempre.

Conheça mais de nossos produtos.

VER AGORA