Descubra 9 curiosidades sobre a CPTM | Mobilidade Estadão |

Buscando sugestões para:


Publicidade

Descubra 9 curiosidades sobre a CPTM

Por: Redação Mobilidade . 28/12/2023
Mobilidade para quê?

Descubra 9 curiosidades sobre a CPTM

Veja os números da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos que opera cinco linhas da Região Metropolitana de São Paulo

3 minutos, 37 segundos de leitura

28/12/2023

Por: Redação Mobilidade

Portas dos trens abrem 1,3 milhão de vezes por dia. Foto: Divulgação / CPTM.

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) é responsável por cinco linhas de trem da Grande São Paulo. São elas as linhas 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade. A empresa também opera o Expresso Aeroporto e o Expresso Turístico.

O surgimento da CPTM veio por intermédio da Lei nº 7.861, de 28 de maio de 1992. O documento determinava que a nova companhia deveria assumir os sistemas de trens da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP) em substituição à Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) e à Ferrovia Paulista S/A (Fepasa).

Em abril de 1994, a CPTM passou a operar efetivamente as linhas 7, 10, 11 e 12. Os intervalos nos horários de pico, em algumas linhas, eram de até 20 minutos. A frota herdada estava deteriorada, o que levou à implantação do Primeiro Programa de Modernização de Composições, envolvendo mais de 500 carros (vagões).

Já em 1996, a CPTM passou a operar efetivamente as atuais linhas 8-Diamante e 9-Esmeralda, hoje operadas pela concessionária ViaMobilidade, do Grupo CCR.

Confira 9 curiosidades sobre a CPTM, em números:

196 km de extensão

Juntas, as cinco linhas da CPTM somam 196 km de extensão, dos quais 95 km estão na capital paulista.

18 municípios

A CPTM atende moradores de 18 municípios, incluindo a capital. São eles: Caieiras, Campo Limpo Paulista, Ferraz de Vasconcelos, Francisco Morato, Franco da Rocha, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Jundiaí, Mauá, Mogi das Cruzes, Poá, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Santo André, São Caetano do Sul, São Paulo, Suzano e Várzea Paulista.

1,6 milhão de passageiros

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos é uma operadora de transporte público ferroviário com 1,6 milhão de passageiros transportados por dia útil.

57 estações

No total, são 57 estações, sendo 26 apenas na região central de São Paulo. Confira quantas estações existem por linha:

– 7-Rubi: 17 estações + 2 estações de integração (Brás – que atende as linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira; Luz, que atende a Linha 11-Coral)

– 10-Turquesa: 12 estações + uma estação de integração (Brás – que atende as linhas 7-Rubi, 11-Coral e 12-Safira)

– 11-Coral: 12 estações + 4 estações de integração (Brás – que atende as linhas 7-Rubi, 10-Turquesa e 12-Safira; Luz, que atende a Linha 7-Rubi; Tatuapé, que atende a Linha 12-Safira; Calmon Viana, que atende a Linha 12-Safira)

– 12-Safira: 9 estações + 4 estações de integração (Brás, que atende as linhas 7-Rubi, 10-Turquesa e 11-Coral; Tatuapé, que atende a Linha 11-Coral; Engenheiro Goulart, que atende a Linha 13-Jade; Calmon Viana, que atende a Linha 11-Coral)

– 13-Jade: 2 estações + uma estação de integração (Engenheiro Goulart, que atende a Linha 12-Safira)

139 trens

Ao todo, a CPTM possui 139 trens, sendo 127 operacionais. Dentro de um trem, em média, cabem cerca de 2 mil passageiros.

65 mil km por dia

Diariamente, os trens percorrem cerca de 65 mil km, ou uma volta e meia em torno da Terra, em quase 1.700 viagens programadas.

Portas abrem 1,3 milhão de vezes por dia

Contando as cinco linhas, as portas dos trens abrem e fecham 1,3 milhão de vezes por dia para que os passageiros cheguem com segurança ao seu destino.

60 mil objetos perdidos em um ano

Em 2022, a CPTM registrou na Central de Achados e Perdidos cerca de 60 mil itens. Desses objetos perdidos, o maior número corresponde a documentos perdidos (cartão de crédito, RG) que chegou a 43.361, seguido por artefatos em geral, com 17.046 itens. Porém, o local tem de tudo, como: pia de banheiro, bengalas, óculos, material escolar, além daqueles inusitados como apetrechos eróticos.

175 mil turistas no Expresso Turístico

A CPTM também possui o Serviço do Expresso Turístico, com trens como a locomotiva a diesel, modelo Alco RS-3 de 1952, que conduz carros de passageiros, de aço inoxidável, fabricados no Brasil pela Budd – Mafersa nos anos 60 e que foram cedidos pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF).

Desde 2009, os passeios turísticos de trem saem da Estação Luz, no centro de São Paulo, com destino à Jundiaí, Paranapiacaba e Mogi das Cruzes. Durante o trajeto, o turista aprecia a paisagem e conhece um pouco da história local. Desde o início do serviço, até dezembro de 2022 foram realizadas 1.193 viagens, que atenderam cerca de 174,8 mil turistas.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login