Voltar
Meios de transporte

Fantic Issimo é bicicleta elétrica ‘amigável’ para pedalar na cidade; assista

Com quadro baixo, rodas aro 20 e pneus largos, a e-bike da marca italiana tem motor de assistência ao pedal e câmbio de cinco marchas. Preço é de R$ 27.500

Arthur Caldeira

21/09/2020 - 2 minutos, 35 segundos


mulher pedala bicicleta elétrica
Conjunto ciclístico facilita quem vai pedalar de calça social, jeans ou até uma saia. Foto: Divulgação

A marca italiana Fantic chegou recentemente ao Brasil com uma linha de bicicletas elétricas. Entre elas, a Issimo Urban, uma bicicleta elétrica urbana que tem design inovador, rodas aro 20 e pneus largos, para ser amigável a quem procura uma e-bike para rodar na cidade.

Leia mais:
Bikes se fortalecem como alternativa de transporte
A transformação verde na mobilidade
Mobilidade ativa ganha mais atenção com a pandemia

A Issimo herdou o nome de um ciclomotor da Fantic, que fez sucesso na Itália nos anos de 1970 e 1980, como a Caloi Mobilette fez no Brasil. Mas renasceu como uma bicicleta elétrica, que combina muito mais com o futuro da mobilidade do que o antigo motor dois tempos a combustão.

A Issimo tem um motor elétrico de assistência no pedal, ou seja, não tem acelerador. O motor só funciona se você pedalar. O motor de 350 watt da chinesa Bafang oferece cinco níveis de assistência ao pedal e a bicicleta ainda conta com câmbio interno Shimano, de cinco marchas.

Há um pequeno painel digital que mostra, além da velocidade, informações como o nível de assistência no pedal, velocidade média, consumo da bateria e autonomia estimada. A bateria de íons de lítio promete até 120 km de autonomia, mas em condições ideias. Isso varia de acordo com a topografia do relevo.

Se você pega muita subida e usa o nível máximo de assistência, a bateria vai durar menos. Em geral, a autonomia gira em média de 60 km. Mais do que suficiente para quem vai rodar na cidade.

Ciclística amigável

A Issimo aposta também em um design minimalista, com quadro rebaixado que permite montar na bicicleta seja com uma calça social, um jeans ou até uma saia. A e-bike italiana tem rodas aro 20 e pneus largos, também conhecidos como pneus “balão”.

O conjunto ciclístico é amigável, até mesmo para quem não tem muita experiência em duas rodas. Além de conferir um visual diferenciado, as rodas menores e os pneus largos ajudam a pedalar nas vias irregulares de cidades como São Paulo. A Issimo ainda conta com suspensão na dianteira que oferece ajuste na pré-carga da mola.

Os cinco níveis de assistência ao pedal do motor elétrico podem ser combinados com câmbio de cinco marchas para vencer subidas. Foto: Divulgação/Fantic

A Issimo vem de fábrica com farol e lanterna de LED e um bagageiro, onde é possível guardar pequenos objetos ou amarrar uma mala. Outros equipamentos legais são os freios a disco, o descanso lateral e o protetor de corrente: muito úteis para quem usa a bike no dia-a-dia.

Importada da Itália, a Issimo é vendida a R$ 27.500. O valor elevado até mesmo para os padrões das bikes elétricas é explicado, em parte, pelos componentes de qualidade, mas também pela taxa de câmbio alta.

Apesar do preço salgado, é uma opção interessante para quem procura uma bike elétrica cheia de estilo para rodar na cidade. E amigável até mesmo para quem não é tão experiente em duas rodas.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login