Buscando sugestões para:


Mobilidade para quê?

Honda tira scooters SH 150 e SH 300 de linha; nova Forza 350 chega neste ano

Modelos com assoalho plano não fizeram sucesso no Brasil e pararam de ser produzidos; nova Forza 350 vai entrar no line-up de scooters da marca ainda em 2022

3 minutos, 11 segundos de leitura

20/01/2022

Por: Arthur Caldeira

SH 300 teve apenas 140 unidades produzidas em 2021; baixa volume de vendas "aposentou" o modelo no Brasil. Fotos: Divulgação/Honda

A Honda tirou de linha os scooters SH 150i e SH 300i no Brasil. Os modelos não repetiram o sucesso que fazem no mercado europeu e tiveram a produção interrompida em 2021. Com isso, a empresa abre espaço para a chegada da nova Forza 350, que deve ocupar o nicho deixado pelo antigo modelo de 300 cc da família SH.

Na verdade, tanto a SH 150i como a SH 300i não eram mais produzidas desde março do ano passado, segundo dados de produção da Abraciclo, associação que reúne os fabricantes de motos do Brasil. Mas, ainda havia unidades dos modelos disponíveis nas concessionárias da marca. As duas scooters agora não aparecem nem mais no site da montadora.

homem-pilota-scooter_honda_em_saopaulo
Com assoalho plano e rodas aro 16, SH 150i e sua irmã de 300 cc não “pegaram” no Brasil

As scooters da linha SH não venderam bem no Brasil, em função da sua posição de pilotagem e altura do assento. Ambas são do tipo “step-through“, nome dado às scooters com assoalho plano. “Os brasileiros demonstraram preferência pelas scooter “sit in“, caso da PCX”, afirmou Alfredo Guedes, supervisor de relações públicas da Honda Motos. As scooters “sit in“, como a PCX e a ADV, têm um túnel central e uma posição de pilotagem mais confortável, com as pernas esticadas.

Prova disso é que, embora custasse praticamente o mesmo da PCX e tivesse ABS nas duas rodas, a SH 150i nunca se aproximou dos números de vendas da sua irmã. Para se ter uma ideia, foram produzidas apenas 900 unidades da versão de 150 cc em 2021, e 140 unidades do modelo de 300 cc, mais caro e sofisticado.

Atrasada, Forza 350 virá importada

Para ocupar o lugar da SH 300i no line-up de scooters, a Honda prometeu a Forza 350. A nova scooter, que lembra uma PCX anabolizada, estava prometida para o ano passado, mas a alta do dólar e a crise logística mundial obrigaram a fabricante japonesa a adiar os planos.

Nova Forza 350 lembra uma PCX anabolizada, com a mesma posição de pilotagem

A Honda, porém, confirma que a Forza 350 virá para o mercado brasileiro ainda neste ano, mas não há uma data precisa. A nova scooter virá importada da Tailândia, completamente montada (CBU), como outros modelos. Entretanto, em função da variação cambial, não foram definidas as especificações da Forza 350 que virá ao Brasil.

OFERTAS 0KM

No exterior, a nova Forza 350 ganhou motor de 330 cm³ no ano passado, para atender às normas anti-poluição Eruo 5. Com um cilindro, produz 28 cv de potência máxima a 7.000 rpm e 2,8 kgf.m a 5.750 giros. Os números melhoraram a aceleração e a velocidade máxima da scooter, que agora chega a 137 km/h, segundo a Honda. O câmbio é do tipo CVT, automático.

A Forza 350 também passou por mudanças estéticas, que deixaram-na com visual mais refinado e também melhoraram a aerodinâmica. O para-brisa com ajuste elétrico também ficou 40 mm mais alto. O objetivo é oferecer mais conforto para rodar na estrada.

homem-pilota-scooter-honda-forza
Nova Forza 350 tem câmbio CVT e motor de 28 cv: scooter pode chegar a 140 km/h

A scooter ainda tem tomada USB, amplo espaço sob o assento para dois capacetes integrais e Smart Key (chave de presença). Farol, lanterna e piscas são de LED.

A dúvida é se a Forza 350 terá o sistema de controle de voz Honda Smartphone Voice Control System (HSVCS), que permite aos motociclistas acessar e utilizar as funções mais importantes dos seus smartphones Android, enquanto pilotam. Na Europa, o sistema é item de série nas novas CB 1000R e X-ADV, que chegam ao Brasil também neste ano, e é oferecido como opcional na Forza 350.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login