Na Perifa

Bairro saudável, futuro possível: como o território afeta a infância

Insegurança social sabota a primeira infância

1 minuto, 35 segundos de leitura

01/10/2021

Por: Eduarda Nunes, do Favela em Pauta; e Juca Guimarães

A insegurança social sabota a primeira infância. Ilustração: Jorm Sangsorn/Getty Images

Qual a influência do território no desenvolvimento infantil? O Núcleo Ciência pela Infância (NCPI) publicou em 2020 o estudo O Bairro e o Desenvolvimento Integral na Primeira Infância. O NCPI é formado por um conjunto de organizações que trabalha no fortalecimento de políticas públicas, programas e práticas para melhorar a qualidade de vida de crianças pequenas, sobretudo as que estão em situação de vulnerabilidade. Veja alguns destaques da pesquisa.

  • 27,3% das crianças brasileiras de até 6 anos vivem em domicílios em situação de pobreza.
  • 60% foi o crescimento do número de domicílios em favelas entre 2010 e 2019.
  • 13,6 milhões é o número de pessoas vivem em favelas no Brasil.
Fonte: dados de 2019 do NCPI

Conclusões

  • A primeira infância é a fase da vida em que acontecem transformações neurológicas fundamentais
  • Experiências positivas nesse período auxiliam no desenvolvimento físico, psicológico, intelectual e social da criança
  • A situação socioeconômica do bairro afeta diretamente o desenvolvimento integral infantil, sendo que, quanto mais baixo o nível socioeconômico, maior é o prejuízo para o desenvolvimento das crianças
  • Grandes cidades apresentam poluição, trânsito, menor oferta de espaços ao ar livre, altas taxas de violência e menos contato direto com a natureza

Por um futuro melhor

  • Boas condições de moradia e infraestrutura levam a um desenvolvimento infantil integral mais saudável
  • São importantes os ambientes acolhedores, receptivos e seguros, que dão condições de explorar o seu entorno por meio de brincadeiras, para descobrir o mundo ao seu redor, e aprender a se relacionar com os outros e com o mundo

O que é desenvolvimento infantil integral?

É a evolução da criança encarada de forma ampla ou através de seus vários domínios interdependentes: aspectos cognitivo, sensório-motor, socioemocional e físico.


De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login