Na Perifa

Educação financeira pode e deve ser para todos

Barkus Educacional estreia coluna quinzenal e compartilha seu propósito: deixar para trás a inadimplência e a falta de conhecimentos financeiros da população

3 minutos, 51 segundos de leitura

20/09/2021

Por: Bia Santos, CEO da Barkus Educacional

Bia Santos e Marden Rodrigues, da Barkus Educacional. A startup de educação financeira estreia coluna quinzenal no Expresso na Perifa. Foto: divulgação

Estamos sempre remando juntos no mesmo barco, expandindo nossos horizontes e desbravando novos mares, independente da maré calma ou revolta. ‘Ninguém fica para trás!’ Esse é o nosso lema

O ano era 2012. Eu tinha 16 anos. Foi nesse período, em meio ao caos do ensino médio e do ensino profissionalizante em administração, que me reuni com o Marden Rodrigues, meu colega de turma, e iniciamos um projeto que mudaria as nossas vidas.

Nós dois viemos de regiões periféricas do Rio de Janeiro. Duas conduções de ida e volta eram necessárias para chegar em qualquer canto, inclusive na escola. Mas, mesmo com todas as dificuldades e sendo jovens estudantes de escola pública, fomos privilegiados, porque tivemos professores incríveis que nos apresentaram, pela primeira vez, a educação financeira.

Na época, por conta de um programa de iniciação científica criado pela escola, realizamos uma pesquisa com mais de 200 adolescentes como nós e percebemos um grande problema: nossa geração não conhecia o mínimo sobre produtos financeiros, tinha dificuldades de se planejar para o futuro e ignorava assuntos como crédito e investimentos. E o pior: eu também fazia parte disso. Com o resultado da pesquisa, decidimos oferecer uma solução para o problema. Traduzimos o economês dos livros, transformamos em uma linguagem leve e divertida e criamos nossa primeira cartilha de educação financeira, totalmente focada no público jovem, junto de um blog na internet.

Esta pesquisa, finalizada em 2013, foi o início de um grande movimento em minha vida: me levou a conhecer diversas cidades representando a escola em feiras de ciências, com direito até a premiações, o que era algo completamente fora da minha realidade enquanto uma menina negra de periferia. Foi um período em que senti o impacto da educação na minha vida, ao mesmo tempo em que percebi a necessidade dela na vida de outras pessoas. Esse momento foi tão potencializador que me fez sonhar em trabalhar com isso, e também foi quando compreendi o meu grande propósito. Esse propósito se transformou em algo muito maior.

A Barkus Educacional foi fundada em 2016, com o objetivo de democratizar o acesso à educação financeira no Brasil, principalmente para grupos minorizados, já que esse assunto ainda é percebido como uma exclusividade de pessoas ricas e dificilmente chega até quem mais precisa.

Desde então, foram 45 mil pessoas apoiadas, entre crianças, adolescentes, jovens adultos, pais, mães, avós, tios, professores, pessoas de todas as classes, raças, gêneros e sexualidades, de diferentes lugares do Brasil. Além disso, mais de 80% desse público não precisou tirar um real do bolso para aprender conosco. A maioria das atividades eram gratuitas para a população.

Até o fim deste 2021, a meta é chegar a 235 mil brasileiros. E esse é o nosso principal intuito: apoiar a população na melhoria da sua qualidade de vida e fazer com que o alto índice de inadimplência e falta de conhecimentos financeiros fiquem para trás, dando lugar a uma sociedade mais justa para todos e todas.

Esta coluna no Na Perifa é mais uma oportunidade de continuar perseguindo o nosso propósito, que é compartilhar sobre finanças de maneira calorosa, leve, divertida, papo reto e sem neuras. Dinheiro não precisa ser um bicho de sete cabeças.

A cada 15 dias, espere conteúdos diversos de uma equipe cheia de pessoas incríveis, com trajetórias diferentes, além de convidados especialíssimos. A Barkus Educacional assina esta coluna com muito orgulho.


Bia Santos

Conselheira da cidade do Rio de Janeiro na frente de Equidade e Inclusão, Bia Santos é reconhecida pela Forbes na lista Under 30 na área de Ciência e Educação e vencedora do prêmio Mulheres que Transformam, da XP Inc., na categoria Inovação em Finanças.

É graduada em Administração pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Universidade do Porto e pós-graduada em História e Cultura Africana e Afro-brasileira pelo Instituto Pretos Novos, com pesquisas sobre diversidade organizacional e finanças.

Entusiasta de diferentes culturas e viajante de carteirinha, Bia tem experiência internacional em 20 países. Participou do TEDxUFF 2017 como palestrante, é apaixonada por gestão de empreendimentos sociais e CEO da Barkus Educacional, edtech de inclusão e educação financeira — startup investida pelo Google for Startups e pela Febraban e vencedora do Menos30Fest, festival de empreendedorismo da Rede Globo. Faz parte do livro Somos Empreendedoras, do Itaú Mulher Empreendedora, que conta a história de 25 mulheres inspiradoras brasileiras

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login