Voltar
Meios de transporte

5 dicas de Rafael Paschoalin para cuidar da sua moto

Acostumado a pilotar nas corridas mais insanas do mundo, o piloto brasileiro Rafael Paschoalin ensina como cuidar da sua moto

Da Redação

25/10/2019 - 3 minutos, 12 segundos


Rafael Paschoalin na frente de sua moto
Paschoalin é o único brasileiro especializado em corridas de rua

Leia mais:
Agilidade e baixo custo popularizam a moto como meio de transporte para o dia a dia
Podcast Delivery #3: As dicas para os novos entregadores
5 acessórios para proteger a sua moto

Rafael Paschoalin, 34 anos, pilota motos desde os 7. O piloto paulistano já disputou as provas mais insanas do mundo e é o único brasileiro especializado em corridas de rua, como o Tourist Trophy da Ilha de Man, o GP de Macau. Ele também levou a medalha de prata em Pikes Peak, nos Estados Unidos.

Apaixonado por motos, Paschoalin leva a vida sobre duas rodas e, sempre que pode, anda de moto no dia a dia ou viaja por aí. Assim, ninguém melhor do que ele – acostumado que é a usar a motocicleta em situações extremas – para dar dicas simples para você cuidar dela. Aprenda com quem entende do assunto.  

1. Faça as revisões

O piloto diz que fazer as revisões na quilometragem e no prazo indicados pelo fabricante é fundamental. Ele recomenda fazer as revisões nas concessionárias, por uma questão de segurança. E ensina que a primeira revisão – feita geralmente aos 1.000 km – ajuda a garantir vida longa ao motor, além de fazer check-up em diversos itens. E, nas revisões seguintes, é preciso conferir se há folga das válvulas, verificar as condições da linha de combustível, bombas e velas e regular o que for preciso. Suspensões e freios também têm que ser averiguados.

2. De olho no nível do lubrificante

óleo lubrificante é um dos itens mais importantes para a durabilidade do motor, porque tem a função de diminuir o atrito entre as partes móveis do motor e câmbio, por isso é essencial verificar sempre o nível do óleo de sua moto. Rafa reforça a importância de não esquecer de trocar o lubrificante no prazo indicado no Manual do Proprietário, e reforça que é fundamental usar o óleo recomendado pelo fabricante, que sabe o que é melhor para a moto, e substituir o filtro de óleo periodicamente, sempre seguindo as instruções da fábrica.  

OFERTAS 0KM

3. Cuide da transmissão

A transmissão final, ou relação final (apelido do conjunto corrente, coroa e pinhão), exige atenção. A corrente deve estar sempre regulada – não pode ficar esticada ou folgada, para evitar o risco de travamento da roda ou o rompimento dos elos. A verificação e a lubrificação devem ser feitas a cada 1.000 km ou quando a moto rodar na chuva ou em estradas de terra. Paschoalin ainda dá mais uma dica: “Além de prestar atenção na regulagem da corrente, é importante lubrificar o conjunto”.

4. Calibre os pneus

Calibrar os pneus semanalmente é um hábito essencial para manter a moto em boas condições. Deve-se manter a pressão recomendada na etiqueta colada na moto ou no Manual do Proprietário. A calibragem indicada ali é resultado do trabalho em conjunto dos fabricantes da moto e do pneu e é a melhor para o uso cotidiano. Rodar com o pneu murcho força o motor desnecessariamente e aumenta o consumo de combustível, além de diminuir a vida útil do componente. Mas não exagere: pneu muito cheio pode comprometer a suspensão e o conforto.

5. Pilote racionalmente

Pilotar racionalmente ajuda a cuidar da moto. Rodar em rotação máxima e com o acelerador totalmente aberto força o motor, reduz sua vida útil e aumenta o consumo de combustível. Forçar o motor por longos períodos ocasiona desgaste de peças internas. Por isso, é preciso respeitar a limitação de giro, principalmente nas motos de baixa cilindrada.

Evite trancos nas acelerações e trocas de marchas. Uma pilotagem suave, com fluidez, aproveitando o torque do motor, garante vida longa à sua moto e é mais seguro. Bom senso e respeito às regras e à sinalização de trânsito são bem-vindos.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login