Mobilidade para quê?

Honda CB 500 2022 tem mudanças na ciclística e no motor; conheça

CB 500X, CB 500F e CBR 500R ganharam suspensão invertida e disco de freio duplo, na dianteira; novo acerto na injeção eletrônica promete mais potência e torque

2 minutos, 59 segundos de leitura

01/09/2021

Por: Arthur Caldeira

Novidades da linha Honda CB 500 chegam primeiro ao mercado europeu, mas também devem vir ao Brasil. Fotos: Divulgação/Honda

A linha Honda CB 500 – CB 500F, CB 500 X e CBR 500R – recebeu atualizações no modelo 2022. As mudanças mais significativas estão na parte ciclística: os três modelos agora têm garfo telescópico invertido e disco de freio duplo, na dianteira. Já o motor recebeu um novo acerto na injeção eletrônica e, segundo a marca japonesa, oferece mais potência em médios giros, além de torque maior na faixa entre 3.000 e 7.000 rpm.

Vale destacar que as mudanças foram anunciadas para a linha 500 cc vendida na Europa – aqui no Brasil, a CBR 500R deixou de ser comercializada há cerca de três anos, mas, tanto a naked CB 500F como a crossover CB 500X são comercializadas no mercado nacional.

Suspensão invertida e disco duplo com pinças radiais são as principais novidades dos modelos 2022 da linha Honda CB 500

O trio de motos de 500 cc da Honda são modelos mundiais da fabricante. Portanto, também devem ser atualizados para o mercado brasileiro. As mudanças podem não acontecer no linha Honda CB 500 2022, mas fatalmente chegarão às motos vendidas no País.

Outra curiosidade é que, na Europa, as Honda de 500 cc são menos potentes do que as versões comercializadas no Brasil. No Velho Continente, todas tem 47,59 cv de potência máxima, agora a 8.600 rpm. Isso acontece para que os modelos possam ser conduzidos por quem tem a carta A2, para motos de até 35 kW, ou 47,59 cv. Já os modelos vendidos atualmente no Brasil, CB 500F e CB 500X, oferecem 50,4 cv de potência máxima a 8.000 giros. E podem ficar ainda mais potentes com as atualizações.

Suspensão invertida e disco duplo

Derivado das tetracilíndricas de média cilindrada CB 650R e CBR 650R, o novo garfo invertido Showa SFF-BP com tubos de 41 mm de diâmetro é a principal novidade do conjunto dianteiro do trio de 500 cc.

OFERTAS 0KM
Honda CB 500F ganhou nova cor amarela

Em teoria, a suspensão invertida tem funcionamento mais progressivo, melhorando assim a condução. Os modelos também receberam uma balança traseira nova e mais leve, com mais resistência à torção.

A suspensão dianteira é complementada por rodas de liga leve com cinco raios em Y na CB 500F e na CBR 500R (antes eram seis), mas a mudança está mesmo nos dois discos em formato margarida de 296 mm de diâmetro e pinças radiais Nissin, na roda dianteira. Atualmente, as motos de 500 cc da Honda usam disco único e pinça convencional.

CBR 500R não é mais vendida no Brasil, mas também recebeu as atualizações

A CB 500X, com o seu estilo mais aventureiro, compartilha a mesma configuração atualizada de freios e de suspensão das suas irmãs, mas tem ainda maior curso no garfo dianteiro (150 mm) e uma roda de 19 polegadas, mais leve e maior, na frente.

Novas cores e grafismos

Os modelos também trazem novas opções de cores e grafismos – lembrando que as novas cores são para o mercado europeu, mas podem vir ao Brasil. A naked CB 500F estará disponível em três novas cores: cinza perolizado, cinza fosco e amarelo perolizado.

Na aventureira CB 500X suspensão dianteira tem curso mais longo e roda aro 19, na frente

Já a aventureira CB 500X recebe duas novas opções para 2022: preto fosco e um elegante verde perolizado. Os modelos também vão estar disponíveis no esquema clássico da Honda, vermelho metálico.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login