Motos do passado estão de volta: veja cinco modelos | Mobilidade Estadão | Mercado, MotoMotor

Buscando sugestões para:


Publicidade

Lista: cinco motos do passado que estão de volta

Por: Arthur Caldeira . 26/06/2024
Meios de Transporte

Lista: cinco motos do passado que estão de volta

Conheça lançamentos que já estão no Brasil ou devem chegar às lojas em breve, além da história dos modelos que as inspiraram

4 minutos, 57 segundos de leitura

26/06/2024

Por: Arthur Caldeira

Honda Tornado 300
Honda Tornado 300: trail de sucesso nos anos 2000 retorna com design mais moderno e novo motor de 300cc. Foto: Divulgação/Honda

Assim como a moda, que é cíclica, a onda retrô no mercado de motos trata-se, na verdade, de uma releitura de algo que um dia fez sucesso. Essa nostalgia, mais que um apelo emocional aos motociclistas, também virou estratégia de marketing para trazer motos de sucesso no passado de volta às lojas. Para relançar a Sahara 300, a Honda gravou um filme publicitário que resgatou objetos e o estilo de vida dos anos 1990, com a trilha sonora de época, o hit “Paradise City”, do Guns’n’Roses.

Seguindo a mesma tendência, a Yamaha resgatou o sucesso do Paralamas “Vital e sua Moto”, de 1983, para estrelar sua nova campanha, que tem como tema o amor dos motociclistas pelos seus sonhos de metal, no caso, as motos.

“A música é um achado, um clássico do rock brasileiro, de uma banda que todo mundo gosta. E ela exprime o sentimento do que é ter uma moto. Percebemos que ‘Vital e sua moto’ é um hit que traz memória afetiva para quem conhece a música e tira um sorriso de quem ainda não conhecia”, avalia Giovana do Vale, gerente de Brand e Marketing da Yamaha.

Motos inspiradas no passado estão de volta

Além de Honda Tornado e Yamaha Ténéré, outras motos de sucesso no passado já estão de volta às lojas ou devem chegar em breve ao mercado brasileiro.

No ano passado, a própria Honda relançou, no mercado europeu, dois modelos icônicos. A naked esportiva Hornet e a bigtrail Transalp, ambas motos que já tinham sido aposentadas mundialmente, mas que retornaram ao catálogo da fabricante japonesa.

Confira uma lista de motos do passado que estão de volta, além da história dos modelos que as inspiraram.

Honda Tornado

Lançada em 2001, com o nome de XR 250 Tornado, a moto trail foi um dos principais lançamentos da Honda no século que se iniciava. Juntamente com a CBX 250 Twister, que também retornou às lojas, como CB 300F Twister em 2022, a dupla de motos de 250 cc eram o próximo passo dos motociclistas iniciantes.

Por ser um dos únicos modelos trail na época, com proposta off-road, a Tornado conquistou uma legião de fãs que gostavam de pilotar em estradas de terra. Trazendo novidades como freio a disco, na dianteira, balança de alumínio e painel digital, a Tornado 250 marcou época.

Renascida agora como XR 300L Tornado, a trail ganhou um novo motor de 300 cc, iluminação full-LED e freio a disco em ambas as rodas! E, o melhor, com sistema ABS de série, afinal a legislação exige que motos com mais de 300 cc tenham o sistema de freios eletrônicos. Ainda sem preço definido, a nova Tornado 300 deve ser lançada no próximo mês de julho e chegará às lojas em agosto.

Yamaha Ténéré

A primeira moto Yamaha a carregar o nome de Ténéré foi lançada no início dos anos 1980 e tinha motor de um cilindro e 600 cc. Desde então, a bigtrail já teve versões de 600 cc e 660 cc, além dos modelos Super Ténéré, de 750 cc e 1.200 cc. Todas mantinham a robustez e a versatilidade como características que conquistaram muitos motociclistas.

Lançada no exterior em 2019, os fãs brasileiros aguardavam ansiosamente a Ténéré 700. A releitura do modelo usa um motor bicilíndrico de 689 cm³ de capacidade, DOHC com arrefecimento líquido. Alimentado por injeção eletrônica, produz 73,4 cv de potência. Entretanto, seu quadro robusto e suas suspensões reforçadas são as qualidades procuradas pelos fãs do modelo. A nova Ténéré 700, contudo, só chegará às lojas no ano que vem. De acordo com a Yamaha Brasil, a pré-venda deve começar apenas no primeiro trimestre de 2025.

Kawasaki Eliminator

O nome Eliminator foi usado pela primeira vez pela Kawasaki em 1985 na motocicleta ZL900, criando uma das primeiras “power cruiser”, pois usava um motor esportivo de quatro cilindros em um quadro de custom. Desde então, dviersos outros modelos custom, que variam de 124 cc a 997 cc, receberam o nome Eliminator.

A renascida Eliminator 500, porém, usa motor de dois cilindros e 451 cm³, com arrefecimento líquido e DOHC. Trata-se do mesmo bicilíndrico que equipa as novas Ninja 500 e Z 500. Com razoáveis 51 cv e com torque, o propulsor equipa uma cruiser voltada para os iniciantes, por ser leve e ter o assento baixo. A renascida Eliminator já está nas lojas, com preço a partir de R$ 39.990.

Honda Hornet

Nascida em 1998, a Hornet foi um fenômeno de vendas em todo o mundo, inclusive, no Brasil. Até hoje, a naked é uma das motos usadas mais procuradas na internet brasileira. Entretanto, quando saiu de linha em 2014, a Hornet era conhecida como CB 600F e usava um motor de quatro cilindros em linha.

Apresentada no exterior em 2022, a nova Hornet deve vir ao Brasil até o final deste ano, com o nome de CB 750 Hornet. A famosa naked da marca japonesa retornou com um inédito motor, porém de dois cilindros paralelos e 755 cm³, com 91,7 cv de potência máxima.

Honda Transalp

A aventureira Transalp, que ficou famosa pelo seu motor em “V”, principalmente, entre os motociclistas que gostam de longas aventuras. A moto aventureira também está de volta, porém com motor de dois cilindros paralelos e o nome de XL 750. Trata-se do mesmo bicilíndrico que equipa a nova Hornet.

Seu espírito aventureiro do passado aparece nas suspensões de longo curso, a posição de pilotagem confortável e o grande para-brisa, ideal para quem quer viajar. A renascida Honda Transalp XL 750, assim como a Hornet 750, também deve voltar ao mercado brasileiro.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login