Voltar
Meios de transporte

Qual a hora certa de trocar o óleo lubrificante da sua moto?

Ao longo dos anos, assim como as motos, os lubrificantes evoluíram, o que permite um maior intervalo na hora de trocar o óleo

Da Redação

13/12/2019 - 1 minuto, 55 segundos


car parts, Maintenance, machine oil, oil filter, air filter isolated on wooden background, top view
A validade do lubrificante deve ser levada em conta. Após sair da embalagem, ele dura seis meses. Foto: iStock

Leia mais:
10 motivos para ter uma scooter
Cinco modelos para evoluir no mundo das motos
Dez dicas para pilotar na chuva

“Eu troco o óleo toda semana”. “Não deixo passar dos 1.000 km”. “O ideal é trocar na metade do recomendado pelo fabricante”. Esses são apenas alguns dos mitos que existem sobre a troca de óleo nas motos. Perdido no meio dessa confusão toda, o motociclista, que se preocupa com a manutenção do seu veículo, fica sem saber qual a hora certa de trocar o óleo lubrificante da moto.

A dúvida não deveria nem existir, afinal em todo Manual do Proprietário que acompanha as motocicletas há as recomendações dos fabricantes sobre o óleo correto e o intervalo entre cada troca. Muitos mecânicos, mesmo recebendo treinamento, trocam o óleo na metade do intervalo correto, porque acreditam que dessa forma o motor dura mais.

Esse pensamento remonta à década de 80, quando os óleos realmente duravam menos. Agora a tecnologia evoluiu muito e o fluido tem maior durabilidade.

Ao longo dos anos, assim como as motos, os lubrificantes evoluíram. Tanto na viscosidade como nas especificações da API (American Petroleum Institute). Antes os óleos atendiam normas mais antigas da API, agora atendem à norma SL, uma especificação mais moderna, o que permite um maior intervalo na hora de trocar o óleo.

OFERTAS 0KM

Contudo, mesmo que a troca seja recomendada a cada 3.000 km, o motociclista precisa verificar o nível de óleo periodicamente e, se necessário, completar com o mesmo óleo utilizado. Se o motociclista utilizar um óleo diferente, o fluido pode perder suas características.

A validade do lubrificante também é outro fator a ser levado em conta. Após sair da embalagem, ele dura seis meses. Mesmo que a moto não rode a quilometragem indicada, depois desse período o óleo deve ser substituído. Trocar o óleo toda semana ou a cada 1.000 km, além de jogar dinheiro fora e fazer mal para a moto, gera resíduos desnecessários para o meio ambiente.

Para saber qual a hora certa de trocar o óleo de sua moto a principal recomendação dos fabricantes é só uma: seguir à risca o Manual do Proprietário.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login