Aumenta uso de celular para enviar mensagens ao volante | Mobilidade Estadão |

Buscando sugestões para:


Publicidade

Aumenta uso de celular ao volante para ler e enviar mensagens, revela estudo

Por: Arthur Caldeira . 18/06/2024
Mobilidade com segurança

Aumenta uso de celular ao volante para ler e enviar mensagens, revela estudo

Proporção de motoristas que usam smartphones para ler ou digitar passou de 15%, em 2016, para 24%, em 2022, mostrou pesquisa feita na Alemanha

2 minutos, 0 segundos de leitura

18/06/2024

Por: Arthur Caldeira

uso de celular ao volante aumenta
Além de ser infração de trânsito gravíssima, manusear o celular enquanto dirige aumenta em 50% o risco de acidentes. Foto: Getty Images

Mais e mais pessoas estão lendo e escrevendo mensagens de texto enquanto dirigem, revelou um estudo da Allianz. De acordo com a pesquisa, a proporção de motoristas que usam o celular para ler ou enviar texto ao volante passou de 15%, em 2016, para 24%, em 2022.

“Esse crescimento é preocupante e perigoso. Qualquer pessoa que envie mensagens de texto enquanto dirige aumenta o risco de um acidente em mais de 50%”, alerta Christoph Lauterwasser, head do Allianz Center for Technology (AZT). O estudo do Grupo Allianz, consolidado no ano passado, foi realizado na Alemanha e traz dados levantados em 2016 e atualizados em 2022.

Por outro lado, os condutores que usam o telefone para fazer uma chamada de voz com o dispositivo na mão caiu de 25% para 16%. Os motoristas entrevistados que admitiram escrever mensagens de texto com o celular na mão passou de 8% para 16% no período. Já os que leem mensagens de texto subiu de 14% para 21%.

Além de usar o celular para ler e enviar mensagens de texto, os motoristas fazem uso de outras funções e aplicativos. O percentual de pessoas que afirmaram fazer isso enquanto estão ao volante passou de cerca 6% (2016) para 22% (2022). “Telefones celulares ou outros dispositivos eletrônicos portáteis estão sendo cada vez mais usados para jogar, selecionar músicas, ver fotos, navegar na internet ou outros propósitos”, declara Lauterwasser.

Jovens usam mais o celular

Os condutores jovens com idades entre 18 e 24 anos correm risco maior de condução distraída devido ao uso do celular ao volante. Segundo a pesquisa, 30% dos motoristas nessa faixa etária dizem que utilizam o smartphone enquanto dirigem. Entre os motoristas de todas as faixas etárias, essa média é de 16%.

Embora tenha sido realizada com motoristas na Alemanha, os dados também valem para o Brasil, como mostram outros estudos feitos no País. Afinal, refletem um comportamento muito comum entre os motoristas no mundo inteiro. 

“Usar um smartphone enquanto dirige tornou-se uma parte normal da vida cotidiana. Ao mesmo tempo, o número de possíveis distrações nos veículos está aumentando”, diz Lucie Bakker, diretora de Sinistros da Allianz Versicherungs-AG. “Embora muitos motoristas estejam cientes do perigo, eles não transferem essa percepção para a condução do dia a dia. É isso que está no cerne do problema e pode ser fatal. A distração ao dirigir não deve ser um hábito.”

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?

Quer uma navegação personalizada?

Cadastre-se aqui

0 Comentários


Faça o login