Buscando sugestões para:


Mobilidade com segurança

Sinalização de bike: tudo o que você precisa saber

Lei prevê uso de lanternas na traseira, na dianteira, nos pedais e nas rodas da bicicleta

2 minutos, 46 segundos de leitura

02/06/2022

Por: Redação Mobilidade

sinalizador de bike
O Código de Trânsito Brasileiro prevê que o ciclista deve usar itens que servem como sinalizador de bike. Foto: Getty Images

Para andar de bike, é preciso usar a sinalização adequada. Não só para garantir a segurança na hora de pedalar, mas para estar de acordo com a lei. Usar usar itens que servem como um sinalizador de bike pode salvar a vida do ciclista. Afinal, quem é visto no trânsito tem menos chances de se envolver em um acidente.

Por exemplo, o uso de lanternas e luzes pode ser crucial em um momento de baixa visibilidade. Principalmente à noite ou em caso de neblina. O próprio Código de Trânsito Brasileiro prevê que o ciclista deve usar itens lanternas na traseira, na dianteira, nos pedais e nas rodas da bicicleta.

Contudo, não é apenas a bicicleta que deve receber sinalizador. As roupas e os equipamentos também podem ter itens que melhoram a iluminação.

Sinalização do ciclista

Antes de pensar em sinalizador de bike, o ciclista deve pensar se ele mesmo está visível. Portanto, pode optar por roupas claras e chamativas.

Outra opção é utilizar um colete reflexivo. Assim, quando um carro passar, o motorista verá o ciclista de forma mais fácil.

Em geral, as melhores roupas para andar de bicicleta são de cor branca ou mesmo fluorescente. Mas o colete pode ser uma boa opção para quem não quer trocar de roupa quando chegar ao trabalho ou a outro destino.

Sinalização da bicicleta

Por sua vez, a sinalização da bike, que é a obrigatória, inclui os refletores. É preciso instalar os itens na dianteira, na traseira e nas laterais da bicicleta.

A recomendação é optar por uma luz vermelha que pisca rápido na parte de trás da bike. É a chamada luz intermitente.

Por sua vez, na parte da frente, opte por uma luz branca. Nas laterais, você pode colocar o tipo de sinalização de sua escolha.

Além da estrutura da bike, também é importante sinalizar os pedais. Neste caso, um conjunto de “vista light” é suficiente.

Por fim, os faróis e lanternas não ajudam apenas os motoristas a verem os ciclistas. Neste caso, as luzes ajudam a ver o caminho em ruas escuras.

Desta forma, escolha com cuidado estes itens. Quanto maior a potência, melhor você conseguirá enxergar ao pedalar.

Sinalização dos equipamentos

Os equipamentos do ciclista também recebem sinalização. Ao usar capacetes e braçadeiras, você pode optar por colocar luzes ou fitas reflexivas.

Não se esqueça de sinalizar a parte de trás do capacete. Afinal, quanto mais você se tornar visível aos olhos do motorista, menores são as chances de um acidente.

Faça sinais ao pedalar

Ao pedalar, você também deve saber quais sinais fazer para os motoristas. Com isso, além de se tornar visível com itens reflexivos e luzes, você também se comunica no trânsito.

Por exemplo, ao virar à direita ou à esquerda, sinalize com o braço para onde você vai. O mesmo deve ser feito ao mudar de pista, caso seja preciso.

Com a mão esquerda, o ciclista também pode avisar sobre uma redução de velocidade. Neste caso, basta estender o braço esquerdo para baixo, com a palma da mão para trás. Outra opção é fazer movimentos curtos de cima para baixo.

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login