Mobilidade com segurança

Ação interativa colocou 200 motoristas de carro no lugar de ciclistas no trânsito

O simulador que demonstra como ciclistas se sentem quando um veículo maior se aproxima demais foi instalado no Parque Ibirapuera, em São Paulo

1 minuto, 42 segundos de leitura

20/09/2021

Por: Redação Mobilidade

Simulador de ciclista no trânsito
Participante dentro do simulador instalado no Parque Ibirapuera. Foto: Divulgação

Uma bicicleta dentro de uma câmara interativa com som, vídeo, vento e vibrações foi instalada no interior do Parque Ibirapuera, em São Paulo, no último domingo, dia 19. O objetivo era que quem testasse a atração pudesse sentir o que ciclistas no trânsito sentem quando um carro ou veículo maior se aproxima muito. Cerca de 200 pessoas experimentaram o simulador.

“Uma pessoa que tem um carro, às vezes, ainda não teve oportunidade de andar de bicicleta, então você leva uns sustos no simulador”, diz Antônio Amato, ciclista e um dos participantes da simulação. Além dos sustos causados em ciclistas, aproximar o carro demais desses veículos menores também pode provocar acidentes. 

A ação aconteceu durante a  Semana Nacional do Trânsito, comemorada entre 18 e 25 de setembro, e foi uma realização do Observatório Nacional de Segurança Viária, em parceria com a Uber. O período reforça a importância de conscientizar todos os envolvidos no dia a dia do trânsito, sejam eles motoristas, passageiros, motociclistas, ciclistas ou pedestres.

“Esse senso de educação que temos na vida, ao dar passagem para uma pessoa entrar no elevador, nem sempre temos no trânsito. O mínimo que temos que fazer é ter cuidado com outro para termos um trânsito mais seguro. E essa ação fez exatamente isso”,  diz o diretor do Observatório Nacional de Segurança Viária, José Aurélio Ramalho, embaixador da Mobilidade no Estadão

Para a gerente de Operações de Segurança da Uber, Araceli Almeida, “simular a sensação de insegurança que pode ser causada por um veículo maior mostra o quão importante é prestar mais atenção nas pessoas que estão mais vulneráveis no trânsito, como é o caso dos ciclistas e motociclistas”. 

Som, vídeo, vento e vibrações simularam a sensação de um ciclista quando um carro ou um veículo maior se aproxima. Imagem: Divulgação

De 1 a 5, quanto esse artigo foi útil para você?
Quer uma navegação personalizada?
Cadastre-se aqui
0 Comentários

Você precisa estar logado para comentar.
Faça o login